Youth

BEM VINDO AO VALE DOS HOMOSSEXUAIS


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

*** RPG *****

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 15]

51 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 2:13 am



Pietro R. Ulrich – 18 anos

Já tinha decidido que não adiantaria tentar se mover, iria ter que dormir daquele jeito, naquela posição e naquele lugar até que algum professor o encontre – visto que nenhum aluno acorda cedo depois de uma festa – ou até que ele possa andar normalmente.
Seus olhos até escureceram ao ouvir a voz do seu querido colega que armou tudo isso. Como ele tinha coragem de aparecer por perto depois disso? Para ver a minha desgraça.
– Filho da puta... – tossiu sangue – De tanta coisa para inventar... – foi interrompido pelo próprio gemido de dor - ... Foi inventar justo que eu peguei a namorada do cara? – tinha sua respiração fraca, mas usaria o resto dela para descontar sua raiva nele, se fosse preciso. – Eu nem mesmo gosto de mulher, imbecil. – novamente, tossiu sangue.
Queria muito impedir o outro garoto de “ajuda-lo”, mas seus músculos enfraquecidos não cooperavam. Arma essa merda para mim e depois quer bancar o herói. – Me solte. – falou fraco, mas com ódio na voz. – Não pense que eu vou te perdoar por essa. – murmurou, tentando mover-se para sair dos braços de Travis, mas não adiantou.

Ver perfil do usuário

52 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 2:26 am



Travis McConnell — 19 anos
O garoto soltou um suspiro quando Pietro o insultou e começou a falar aquelas coisas para ele. — Pode me xingar a vontade, Pietro. Eu concordo com você — Abaixou seu olhar. Sentia-se um lixo, era para ele estar apanhando, não o garoto. Por mais que Travis o odiasse, Pietro nunca havia feito nada de errado. Sim, eles haviam brigado, ele havia quebrado o celular dele... Mas era tudo porque Travis havia começado. Ele que fumou num lugar que não deveria, ele que não quis diminuir o volume do celular quando Pietro pediu. Era sempre ele que começava o problema.
Eu sou um completo desastre.
— Eu já disse que sinto muito — Já sabia que o plano havia sido horrível, mas não precisava ficar ouvindo aquilo toda hora.
— Só me deixe te ajudar, não vou fazer mais nada de mal — Pediu. Fez um pouco mais de esforço e conseguiu colocar o garoto em pé, passando o braço dele em seu ombro para que pudesse ficar mais fácil para ajudá-lo a andar. Ouviu Pietro dizer que não iria o perdoar e suspirou novamente, se sentindo cada vez pior — Tudo bem, Pietro. Eu te entendo, eu não mereço ser perdoado pelo que fiz. Mas pelo menos me deixe te ajudar, ok? Eu quero consertar um pouco a burrada que fiz.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

53 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 2:36 am



Pietro R. Ulrich – 18 anos

Apesar de tudo, não entendia porque o garoto estava concordando com tudo o que ele dizia, e não o xingando de volta ou aproveitando a situação para devolver os socos que Pietro o deu na piscina.
- ... – não falou nada sobre ele praticamente implorar para ajuda-lo, também não estava em posição de decidir isso. Soltou um pequeno gemido de dor quando Travis o levantou e quase caiu por cima do garoto. Estava realmente com dores pelo corpo todo, não tinha uma parte que se safasse da dor. – Merda... – resmungou baixinho, pondo a mão por cima do estômago. Ali que havia levado mais socos, por isso estava mais sensível.

Ver perfil do usuário

54 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 2:49 am



Travis McConnell — 19 anos
Ele nunca pensou que seria tão difícil carregar uma pessoa até o quarto. Sentia dores nas costas por Pietro estar muito apoiado nele, mas tudo bem. Sentia que merecia sentir as piores coisas do mundo para compensar tudo de ruim que havia feito.
Após um certo tempo os dois chegaram no quarto, e Travis ajudou o garoto a ir até a própria cama. Agora precisava cuidar dos machucados dele. — Eu já volto — Disse, saindo correndo para fora do quarto e indo até a enfermaria. Por sorte não havia ninguém lá, então conseguiu pegar tudo que precisaria. Depois, voltou para seu quarto e se sentou na cama do lado de Pietro. — Vou cuidar dos seus cortes. Talvez vá doer um pouco quando colocar o remédio, mas passa logo. — Falou baixo, molhando um algodão com remédio e segurando o queixo de Pietro, fazendo seu rosto virar e assim, ele poder ver melhor o corte. Passou o algodão com cuidado para que não doesse mais do que provavelmente já estava doendo.
Aquela cena o fez se lembrar de sua mãe. Na sua primeira briga, assim como ele estava fazendo com Pietro, ela cuidou de cada um dos seus cortes. Lembrava-se perfeitamente do que ela lhe disse naquele dia. "Nunca mais entre em brigas, mocinho. Eu vou ficar muito triste se fizer isso."
Olha o que eu virei, mãe. Eu te decepcionei de novo.
E quando viu, já havia largado o algodão de lado e se encolhido, chorando. Fungou um pouco e passou a mão em um dos olhos, odiava chorar na frente das pessoas. — E-Eu realmente sinto muito, Pietro. E-Eu não queria que as coisas chegassem à esse ponto, eu... Eu prometo que nunca mais irei fazer nada contra você. S-Se quiser descontar em mim agora, fique à vontade.. — Se quiser me matar também, fique à vontade.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

55 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 7:14 pm



Pietro R. Ulrich – 18 anos

Ficou calado o tempo todo, evitando até mesmo encarar o pequeno. Estava com muito ódio, mas também tinha suas dúvidas sobre o comportamento dele após vê-lo largado no chão, todo machucado. Ele que tinha armado tudo isso, então para quê desesperar-se ao ver no que tinha resultado? Simplesmente não fazia sentido.
Assentiu quando ele disse que já voltava, e o esperou. Ouviu-o dizer que iria cuidar dos seus ferimentos e estranhou mais ainda – Não preci- – tarde demais, o garoto começou a passar o algodão nos pequenos e grandes cortes dele. Mordeu um pouco os lábios – já machucados – por arder um pouco, mas aguentou.
De repente, Travis soltou o algodão e se encolheu, começando a chorar. Pietro arregalou os olhos, entendendo menos ainda o que estava acontecendo ali. Escutou tudo o que ele disse e abaixou a cabeça, sentindo-se, por um momento, ruim pelas coisas que disse à ele antes e depois disso. Certamente não estava nada feliz com o que o outro fizera na festa, mas tinha que admitir que não tinha como odiá-lo ao vê-lo nessa posição, chorando desse jeito e falando essas coisas.
Esticou o braço, apesar da dor, e puxou o moreno para si, iniciando um abraço. Não tinha certeza se iria se arrepender depois ou não, mas não ligava. Pietro pode ser muitas coisas ruins, mas ele não é alguém que gosta de ver os outros chorarem ou sofrerem por ele ou por culpa dele.
– Não seja tão duro consigo mesmo. – simplesmente disse, com a voz um pouco rouca.

Ver perfil do usuário

56 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 7:50 pm



Travis McConnell — 19 anos
Suas mãos tremiam devido ao nervosismo, e o pequeno permanecia chorando sem parar. Parecia que todo o remorso, toda a raiva de si mesmo e o sentimento de culpa de tantos anos acumulados decidiram vir à tona agora, justo agora. Travis odiava essa sensação de parecer fraco, frágil e emocionalmente debilitado, mas não conseguia mudar isso, não agora.
Seus olhos se arregalaram um pouco, surpreso, quando Pietro o puxou para perto de si, o abraçando. Há quanto tempo não era abraçado daquela maneira? Provavelmente desde quando sua mãe morreu. Tinha até se esquecido de como era boa a sensação. Sem hesitar, passou seus braços em volta do corpo do maior, retribuindo o abraço. Escutou o garoto lhe dizer para não ser tão duro consigo mesmo, mas balançou a cabeça negativamente. — Como não ser? E-Eu... Eu sou uma pessoa ruim. Eu só faço as pessoas se sentirem mal... — Ele dizia, baixo, voltando a chorar. Seu psicológico realmente não estava dos melhores.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

57 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 8:17 pm



Pietro R. Ulrich – 18 anos

Sentiu o moreno devolver o abraço, até isso doía, mas não iria recuar. Podia dizer que ele estava se sentindo muito mal, estava óbvio ali, e não sabia o que fazer para acalmar o outro.
– Você está chorando por alguém que odeia agora, eu não diria que isso é ação de uma pessoa ruim. – disse, hesitando um pouco antes de levar a mão ao cabelo do pequeno e começar a acaricia-lo. Era uma mudança e tanto, visto que há alguns minutos ele estava o xingando. – Relaxe. – foi um pouco para o lado da cama, dando espaço – Deita aqui. – chamou-o. Pietro nunca teve uma mãe atenciosa, muito menos um pai, mas já teve uma avó que pôde chamar de mãe, e quando ele estava triste, ela deitava-se com o menino e abraçava-o até ele se acalmar. Talvez isso pudesse funcionar com Travis, ele pensou.



Joshua Gail Ignition – 19 anos

Riu com a mensagem do Chris, que felizmente havia entrado na brincadeira. Esperou-o por alguns momentos, até o loiro chegar. Sorriu ao vê-lo e escutou o que ele disse. Josh nunca conheceu a família do amigo, mas já imaginava o jeito deles pelo pouco que Chris falava.
– Não se preocupe, temos todo o tempo do mundo. – riu fraco – Disponha. – sorriu, dando partida no carro – Tá bonitão, hein. – elogiou-o, com os olhos na estrada.
Joshua não estava planejando ir apenas no cinema, mas sim passar por diversos lugares durante a noite. Tinha que aproveitar como se fosse uma festa, afinal saiu de uma para passear com o loiro.

Ver perfil do usuário

58 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 9:19 pm



Travis McConnell — 19 anos
— Chorar por uma pessoa que eu odeio não é nada comparado com o que já fiz contra essa mesma pessoa, o que adianta? — Perguntou, ainda triste. Por mais que Pietro lhe dissesse aquelas coisas, nada faria ele pensar diferente.
Apesar de ainda se sentir mal, começou a se acalmar aos poucos após abraçar Pietro e sentir o mesmo acariciar seus cabelos. Bem que sua mãe sempre dizia que um abraço poderia mudar o humor de qualquer um imediatamente. — Vou tentar — Murmurou. O rapaz pediu para que Travis se deitasse do lado dele, e foi isso que ele fez - Deitou-se e se aconchegou do lado do garoto. Era estranho aquilo, há pouco tempo atrás os dois estavam se xingando e se odiando, agora olhe só. As coisas mudam.


Chris J. Laurent — 19 anos
O loiro assentiu com a cabeça, concordando com o outro — Exatamente. Vamos tocar o terror hoje — Brincou, rindo em seguida. O carro mal havia dado partida e ele já sentiu seu celular vibrar, era uma mensagem da sua mãe mandando ele tomar cuidado e não voltar tarde. O garoto revirou os olhos e estava pensando se responderia ou não quando Josh o tirou de seus pensamentos com o elogio. Ele corou um pouco, não era acostumado a ser elogiado. — Obrigado, você também está lindo — Sorriu. — Então, que filme vamos assistir? — Perguntou, tentando criar um assunto entre eles.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

59 Re: *** RPG ***** em Seg Set 21, 2015 11:55 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Sorriu sem graça, ainda levemente corado. Ficou feliz quando Harry aceitou ir dançar consigo, apesar de que não confiava muito nas próprias habilidades de dança. Claro que, às vezes, praticava sozinho em seu quarto, mas no meio de todo mundo é diferente.
– Que nada! Venha. – segurou na mão do loiro, puxando-o para a pista de dança, onde já haviam pessoas, obviamente, dançando. Segurou a outra mão dele e sorriu – Eu te ajudo. – de fundo tocava The New Kings, então Rob começou a guiar passos aleatórios, mas não ridículos, para o maior. Riu fraco enquanto dançava, estava se divertindo.



David LaGuerta – 18 anos

Já estava no seu quarto ou quinto copo de Martini – que é uma bebida forte, se começasse a tocar Britney Spears ele não responderia pelos próprios atos.
– O que você disse? Não pude escutar, ou melhor, eu não ligo. – sorriu falso, bebendo mais um copo. Revirou os olhos com o drama falso do maior. – Eu nunca te pedi para você me trat- – quando estava falando, começou a tocar I Wanna Go. MENTIRA!!!!!!
Arregalou os olhos, levantando imediatamente da cadeira. – Com licença, não posso perder essa. – disse, correndo para a pista de dança e começando seu pequeno espetáculo. Estava bêbado demais para perceber que passaria vergonha no outro dia.
Cantava e dançava junto com a música, chamando a atenção de todos e até contaminando algumas pessoas, que começaram a dançar junto com ele, e o número só foi aumentando.
– I-I-I WANNA GO-O-O ALL THE WA-A-AY TAKING OUT MY FREAK TONIGHT – acompanhava o som, movendo-se como se tivesse um microfone de verdade em suas mãos – I-I-I WANNA SHO-O-OW ALL THE DA-A-AY I GOT RUNNIN THROUGH MY MIIIIIIND – fez uma pose dramática – WOOOAH – tirou a camisa e começou a gira-la no ar. As pessoas riam e se divertiam junto com ele dançando até a musica acabar.
Quando acabou, David estava até ofegando, precisava de uma bebida para repor as energias. Voltou ao bar e se apoiou no balcão, ignorando o fato de estar sem camisa.
– Quero uma Vodka agora! – pediu para o rapaz, que havia visto toda a performance dele e sorriu, buscando a bebida que pediu.
“Você foi bom ali.” – elogiou, enchendo o copo do David. – É, eu sei. – riu fraco, bebendo todo o conteúdo.

Ver perfil do usuário

60 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 12:45 am



Harry Atwood — 18 anos
Não deu tempo de falar mais nada porque quando viu, Rob já o puxava para a pista de dança. Estava realmente com vergonha, mas estava disposto a passar por aquilo por Rob. Deu um sorrisinho quando o garoto segurou suas mãos — Me ajude mesmo, porque se eu fizer isso sozinho vai ser horroroso. — Riu, tentando fazer os mesmos passos que Robert.
Estava quase pegando jeito quando um maluco entrou no meio da pista e começou a dançar de modo estranho, fazendo a atenção de todos se voltarem à ele e atrapalhando todos os outros que queriam dançar de um jeito mais... sossegado. — Er... Quer beber alguma coisa até a pista de dança se "acalmar" um pouco? — Perguntou, apontando para o cara dançando.


Charles Lestrange — 20 anos
— Oh, ok então, simpático — Revirou os olhos, terminando mais um copo de vodka. Já sentia-se ficando alterado devido à bebida forte, mas tudo bem. Estava escutando o menor lhe falar algo mas ele não terminou a frase, apenas arregalou os olhos e se levantou em seguida. — O que você vai... — E ao ver, David já estava no meio da pista de dança fazendo o maior escândalo, cantando e dançando de modo esquisito — Puta merda... Depois fala que é hétero — Murmurou. Eu preciso ver isso direito, pensou, enquanto virava seu corpo no banco para poder ver melhor o showzinho de David. O mais velho arregalou um pouco os olhos ao ver o rapaz retirar a camisa e girá-la no ar, não que fosse uma visão ruim, muito pelo contrário, mas aquilo era realmente constrangedor. Ainda bem que ele está bêbado demais pra se lembrar disso amanhã.
Viu David voltar após a música acabar, tinha que confessar que foi muito divertido vê-lo daquele jeito, apesar de ter sentido um pouco de ciúmes pelas outras pessoas olhando para ele sem camisa daquela maneira. — Adorei a dancinha, amorzinho. Muito... Excêntrica. — Dizia, irônicamente, enquanto via o garçom encher mais uma vez seu copo.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

61 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 1:15 am



David LaGuerta – 18 anos

Sentia a adrenalina junto com o álcool percorrendo por seu corpo, não conseguia evitar estar feliz, mesmo com seu stalker ao lado. O garçom encheu o copo do David e saiu, deixando ambos à sós.
– A dança não foi para você. – continuou bebendo e olhando para frente. – E sai daqui, não quero você. Xô. – virou o copo e respirou fundo. De repente, uma onde quente começou a subir pelo corpo dele, deixando-o com calor e com desejos meio... Bem.
– Sério, sai. – começou a abanar a si mesmo, desejando do fundo do coração que Charles saísse dali. Porque, se David não estava enganado, sua mente estava imaginando coisas eróticas com o coleguinha. Não queria acreditar nisso, mas era a verdade, e se o maior continuasse ali, não tinha ideia de se conseguira segurar-se.

Ver perfil do usuário

62 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 1:37 am


Charles Lestrange — 20 anos
— Lógico que não, se fosse para mim seria algo mais particular — Piscou pra ele, pegando seu copo do balcão e se levantando, indo para o mais próximo possível de David. Escutou ele pedir para que Charles saísse, mas o maior ignorou completamente o pedido. Ele já está bêbado, agora só falta insistir um pouco e pronto, pensava, já imaginando os bons momentos que provavelmente teria com o garoto naquela noite. — Por que você quer tanto que eu saia, David? — O garoto perguntou, chegando ainda mais perto, a ponto dos dois ficarem a centímetros de distância. — É por que você me odeia... — Depositou sua mão na cintura do rapaz e aproximou sua boca próxima ao ouvido dele — ... Ou é por que eu te deixo nervoso? — Sussurrou, dando uma leve mordida naquela área em seguida. Charles, se ele resistir agora, você pode morrer hein.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

63 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 1:50 am



David LaGuerta – 18 anos

– Haha, muito engraçada sua pi... – riu virando-se, interrompendo-se ao perceber o quão perto Charles estava. Corou. – ...ada... – completou, desviando o olhar. Sentiu sua calça apertar um pouco somente com os sussurros do Charles. Aquilo não podia estar acontecendo. – P-porque... Porque... – gaguejou, ficando sem resposta. Sabia muito bem que queria ele longe por estar nervoso, mas não tinha como admitir isso. – Porque... – continuou sem saber o que falar, até que decidiu tacar um belo foda-se e fazer o que der na telha.Vocêmedeixanervoso – falou o mais rápido o que pode, basicamente se entregando ao maior ao agarrar ele e beija-lo com vontade. Estava totalmente bêbado para tomar uma decisão assim, e provavelmente iria além.
Passou as mãos pelo corpo do moreno enquanto beijava-o e segurou sua nuca. Não tinha como parar, agora que começou.

Ver perfil do usuário

64 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 2:16 am


Charles Lestrange — 20 anos
Charles soltou um breve riso ao ver David corado simplesmente por ele estar perto demais. Era ótimo ver o garoto todo vermelho só por se aproximar. — Adoro quando você fica corado por minha causa — Sorriu, passando a mão na bochecha de David.
Nem teve tempo de comentar algo sobre o rápido "Você me deixa nervoso" do garoto, pois logo em seguida foi beijado. Há, sabia que funcionaria!, comemorou mentalmente, retribuindo o beijo do garoto. Afastou-se após um tempo para recuperar o ar e aproveitar para distribuir beijos pelo pescoço do menor. — Acho melhor irmos para outro lugar — Ele disse, dando uma última mordida naquela área e se afastando. Pegou na mão do rapaz e antes que ele falasse algo, o puxou para fora da festa até uma área onde havia quartos. Ainda bem que a escola pensou nos que iriam precisar, pensou, abrindo a primeira porta que encontrou destrancada e adentrando o quarto com ele. O empurrou contra a parede e o encarou. — Ainda vai continuar me dando o fora? — Perguntou, rindo fraco e o beijando do melhor jeito que pôde.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

65 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 10:49 pm



David LaGuerta - 18 anos

Continuava beijando-o, sem ligar se tinha ou não alguma pessoa observando. Mordeu o lábio inferior, contendo o gemido quando Charles distribuiu beijos pelo seu pescoço.
Assentiu quando ele disse que era melhor irem para outro lugar e o seguiu, se surpreendendo quando, ao entrar no quarto, o maior o empurrou contra a parede e perguntou aquilo. Digamos que David agora está diferente, mas é temporário, por conta da bebida. - Eu gosto de você. - respondeu, em seguida retribuindo o beijo do outro.
Separou-se por alguns momentos do beijo para arrancar a blusa de Charles, voltando a beija-lo depois enquanto encaminhava com ele lentamente até a cama.

Ver perfil do usuário

66 Re: *** RPG ***** em Ter Set 22, 2015 11:52 pm


Charles Lestrange — 20 anos
O rapaz não pode conter um sorriso ao ouvir o outro assumir que gostava dele. Esperou por tanto tempo para que David criasse coragem de dizer isso, era como música para seus ouvidos. — Eu também gosto de você... — Fez uma pausa — Na verdade, eu acho que te amo. — Sim, Charles o amava. Parecia ser idiota ser apaixonado por alguém que o ignorava há dois anos, mas não podia fazer nada para mudar isso.
Os dois se separaram por um momento por causa de David que arrancou a blusa de Charles, mas logo os dois voltaram a se beijar e caminhar até a cama. Caiu na cama então, com o garoto em cima dele. Levou sua mão até as costas do menor e a deslizou por toda aquela área, passando-a em seguida para a frente e desabotoando a calça do garoto.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

67 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 12:33 am



Joshua Gail Ignition – 19 anos

Riu do que ele disse – Literalmente, tocar o terror. – brincou, com uma ponta de verdade. Joshua já tinha em mente que filme queria assistir, no caso seria Sinister 2, de terror. Estava de noite, nada melhor do que um filme assustador como esse.
Sorriu com o elogio do amigo – Obrigado. – em seguida, ouviu a pergunta dele – Sinister 2, já ouviu falar? – respondeu, bem no momento em que chegaram no cinema. Virou para o loiro, sorrindo. – E não adianta negar, você vem. – riu fraco, saindo do carro.
Esperou Chris sair também e foi com ele até a bilheteria. A moça que os atendeu deu um sorriso de orelha a orelha.
– Vocês são um casal? – ela perguntou. Josh rui fraco – Na verdade n- – foi interrompido pela moça – Casais têm direito à desconto durante a noite.
Pensou melhor... Qual o problema de receber um desconto, não? Passou o braço pelo ombro do Chris e sorriu para a moça. – Sim, eu e ele estamos completando quatro anos de namoro e viemos aqui para comemorar porque foi aqui que nos conhecemos. É uma ocasião especial, tem como aumentar o desconto? – sim, estava aproveitando da situação para pagar menos. A moça se comoveu e aceitou, deixando-o pagar por quase a metade do preço. Josh pagou o ingresso dele e do loiro, então agradeceu-a e foi comprar pipoca para comer durante o filme. Quando já estava longe da visão da mulher, retirou o braço do ombro do pequeno. – Me desculpe, sobre isso. – riu fraco.

Ver perfil do usuário

68 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 12:57 am


Chris J. Laurent — 19 anos
Riu fraco com a fala do rapaz, mesmo que não tivesse entendido o "literalmente". Chris não era uma das pessoas mais rápidas para entender piadas e coisas do tipo. — De nada — Respondeu ao agradecimento de Josh, ouvindo em seguida o nome do filme que iriam assistir. Imediatamente lhe veio na cabeça o primeiro Sinister, o qual Chris assistiu sozinho em casa e realmente se assustou. — Anh... Esse? Não pode ser um mais light não? Tipo um desenho animado ou um romance? Sabe, eu adoro romances, principalmente Titanic. — Deu um riso nervoso, tentando mudar a ideia de ver um filme tão assustador. — Não que eu esteja com medo, mas... — Até parou de falar quando viu que já haviam chegado no cinema. Bem, agora não tem mais jeito, pensou, saindo do carro. — Não tenho outra escolha — Suspirou, já imaginando os sustos que passaria durante o filme.
Estavam comprando os ingressos quando a mulher perguntou se os dois eram um casal. Já ia negar, mas Josh passou o braço pelo seu ombro e afirmou que eram. Ele vai mentir para conseguir desconto?Wow, pensou, rindo internamente. Sorriu de modo falso e concordou com tudo que o moreno disse até que saíssem de vista da mulher. — Tudo bem, foi por uma boa causa. — Riu, enquanto esperava as pipocas serem compradas.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

69 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 1:07 am



Joshua Gail Ignition – 19 anos

Riu fraco, aliviado por Chris não se estressar por ele ter mentido daquele jeito para ganhar um desconto. Outras pessoas não gostariam da brincadeirinha. – Ainda bem. – sorriu para ele.
Comprou uma pipoca mega para dividir entre ambos e dois refrigerantes, em seguida virou-se para Chris e o entregou um refrigerante. – Vamos? Já vai começar. – perguntou, entrando na sala do cinema e esperando que Chris o seguisse.
Sentou-se em uma das cadeiras do fundo, adorava sentar lá, considerava como os melhores lugares do cinema. Pode-se ver a tela perfeitamente e não tem ninguém atrás de você para jogar pipoca.

Ver perfil do usuário

70 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 1:25 am


Chris J. Laurent — 19 anos
Retribui o sorriso e pegou o refrigerante que Josh lhe entregou, já tomando um gole antes mesmo de entrarem na sala. — Vamos — Respondeu, acompanhando Josh para dentro da sala do cinema. Devido à escuridão, acabou levando um pequeno tropeço, mas por sorte conseguiu se equilibrar antes que desse de cara no chão.
Sentaram-se no fundo e logo as luzes se apagaram por completo. Já estava na metade do filme e Chris havia passado praticamente o tempo todo com os olhos fechados ou se entupindo de pipoca para não ficar tão nervoso. — Não entra aí, não entra aí — Ele murmurava. Estava com tanto medo que, sem pensar, segurou a mão de Josh. — PUTA QUE PARIU DESGRAÇA — Berrou (no meio do cinema) ao levar um susto, dessa vez agarrando o braço do garoto. Ao perceber o jeito que estava agarrado ao rapaz, soltou rapidamente, corando um pouco. — Desculpe, foi o susto — Disse, soltando uma risada nervosa. Você só paga micão, Chris.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

71 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 1:52 am



Joshua Gail Ignition – 19 anos

O filme até seria assustador se ele não estivesse rindo com as reações do loiro, que gritava e desesperava-se até com as mais simples cenas. Aquilo estava divertido.
Surpreendeu-se quando Chris segurou sua mão, mas não achou ruim e nem reclamou. Era normal aquela ação para uma pessoa tão assustada. Sentiu-se até confortável quando ele agarrou seu braço, não sabia exatamente que sensação era aquela, mas queria que durasse.
Riu fraco quando ele se afastou e corou, achando fofo. – Tudo bem. – sorriu, voltando a prestar atenção no filme, que já estava próximo do fim.
Finalmente acabou, então Josh olhou para o pequeno, que ainda parecia assustado, por mais que apenas tivessem passando os créditos. – E aí, gostou? – perguntou, levantando-se da cadeira – Ah, quer passar na praia agora? É tão bom andar por lá durante a noite. – convidou, esperando que ele aceitasse.

Ver perfil do usuário

72 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 2:22 am


Chris J. Laurent — 19 anos
Era realmente constrangedor para um garoto de dezenove anos ficar morrendo de medo em cenas que nem eram assustadoras. Porém, o pior de tudo foi ter agarrado o braço do amigo. Que vergonha, que vergonha, repetia mentalmente, sorrindo falso quando Josh havia dito que estava tudo bem.
Seu medo só foi passar quando as luzes se reacenderam e os créditos passaram. Se ajeitou na cadeira, visto que estava encolhido desde então e ouviu a pergunta de Josh — Gostei, tirando o fato de que passei metade do filme de olho fechado e outra metade berrando. Mas, fora isso, foi legal — Deu de ombros, rindo de modo sem graça. Levantou-se da cadeira também e Josh lhe perguntou se ele gostaria de passear na praia. Era uma boa ideia, por incrível que pareça, Chris nunca foi para lá. — Claro, parece ser uma boa para eu me recuperar dos sustos — Brincou.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

73 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 9:39 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Se divertia dançando com Harry, sem ligar para o que os outros estavam pensando daquilo. Quando a música que eles dançavam acabou e começou a tocar I Wanna Go, um rapaz entrou na pista e começou a dançar chamando atenção de todos e contaminando as pessoas. Robert riu, aquilo era engraçado. – Acho que alguém está animado. – comentou, ainda achando divertido o jeito que outro dançava, apesar de ter a leve impressão que ele estava bêbado. De qualquer jeito, não era da conta dele.
– Claro! – sorriu com o convite do Harry, indo com ele até um barzinho da festa. Olhou para as opções no menu e ficou um pouco incomodado, por não ter nada sem álcool. – Hum... Álcool é bom? – perguntou, curioso. Nunca tinha provado antes.

Ver perfil do usuário

74 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 9:53 pm



Harry Atwood — 18 anos
— Você acha? Eu tenho certeza — Riu. Era sempre divertido ver as pessoas dançando empolgadas numa festa. Realmente, precisava ter muita coragem (ou estar muito bêbado) para ficar daquele jeito.
Sorriu quando Rob aceitou ir beber algo, então os dois seguiram até o barzinho, onde algumas pessoas bebiam exageradamente. Estava escolhendo o que tomar quando Robert lhe perguntou se álcool era bom. Harry não era de beber, geralmente apenas em festas ou ocasiões especiais, mas nada que ultrapassasse os limites. Não queria cometer alguma gafe por estar bêbado. — É bom sim, só não beba demais ou pode acabar correndo pelado por aí, ou dançando que nem aquele garoto de agora pouco — Avisou, rindo. Conhecia muita gente que fizeram coisas estranhas por causa da bebedeira, Harry não queria que Rob fosse mais uma delas.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

75 Re: *** RPG ***** em Qua Set 23, 2015 10:17 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Ouviu-o responder sua pergunta e parou para pensar. Eu não vou fazer nenhuma besteira... Vou? – Haha, realmente. – riu nervoso por nunca ter bebido antes, então não sabia quais seriam as consequências se bebesse. Não sabia se conseguiria se manter responsável ou se iria agir como um idiota. – Bom, acho que não faz mal provar. – deu de ombros, olhando para a prateleira de bebidas atrás do barman. Não conhecia nenhuma.
– Aquela, por favor. – pediu, apontando para um conhaque. O rapaz estranhou ver um garoto como o Rob beber algo tão forte, mas encheu um copo e entregou-o.
Encarou o copo por alguns segundos, e então bebeu. Sentiu o álcool descer por sua garganta, era diferente, mas bom. – Wow! – apoiou o copo no balcão, rindo. – Gostei, quero mais. – sorriu.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 15]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum