Youth

BEM VINDO AO VALE DOS HOMOSSEXUAIS


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

*** RPG *****

Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 14 de 15]

326 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 11:00 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Estava só na espreita esperando que o beijão acontecesse quando Robert simplesmente travou. ISSO MESMO, EU ARRUMO UM LINDO COMO O ERICK PARA ELE E O QUE O GAROTO ME FAZ?????? TRAVA!!!!!!! AI EU NÃO AGUENTO ISSO!!
Claro que eu não deixaria ele ficar lá parado, então chegou a hora do super Nicholas agir. Sai correndo de trás da árvore e fui até o Robert, o empurrando para cima do Erick — BEIJA LOGO DESGRAÇADA — Berrei, voltando a correr, só que dessa vez para o outro lado onde o chato do Harry estava parado, olhando para Erick e Rob com uma cara meio deprê. Eu precisava falar alguma coisa, não ia aguentar. — Lindo casal, né Harry? Ainda bem que você traiu o Robert, assim ele enfim pode abrir os olhos e ver que tinha coisa muito melhor o esperando — Comentei, enquanto passava perto dele e andava como se não tivesse dito nada. Maldade da minha parte? Sim. Eu me importo? Não.



Erick Norman — 18 anos
Me levantei do banco e caminhei até o encontro de Robert, que me parecia um pouco tímido. Que fofo. — Então... Oi — Dei um riso fraco, o olhando. Logo ele se desculpou, acho que não estava conseguindo fazer nada. Pelo menos eu acho que era por causa disso que estava se desculpando. — Não tem problema, Rob. — Sorri, tentando acalmá-lo.
Então, do nada, um Nicholas correndo apareceu perto de nós e empurrou Robert para cima de mim. Se eu não fosse rápido e não tivesse o segurado, ele logo estaria de cara no chão. Isso foi um pouco constrangedor, mas tentei rir pra fingir que estava tudo certo. — Esse Nicholas é um pouco escandaloso...



Harry Atwood — 18 anos
Eu não conseguia acreditar que nós mal havíamos terminado e Robert já estava se encontrando com outro. Ok, tudo bem, eu quase transei com um cara durante o nosso namoro, mas...
Mas nada, Harry. Você errou, ele partiu pra outra. Assunto encerrado, pensei, suspirando. Aquilo me deixava triste, eu ainda gosto do Rob, mas já não há mais nada para ser feito.
Estava perdido em meus pensamentos quando o Nick passou caminhando perto de mim e dizendo umas coisas que na minha opinião foram muito maldosas para se falar vendo meu estado emocional. — .... Vai se ferrar, Nicholas. — Murmurei, abaixando um pouco a cabeça mas logo a levantando novamente para poder observar melhor os dois. Parece que eu gosto de sofrer, só pode.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

327 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 11:20 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Eu já ia me virar para sair dali quando Nicholas me empurrou para cima do Erick. Corei, e corei muito. Ele estava basicamente me agarrando agora, eu não poderia estar mais envergonhado. Ai.... Dei um sorrisinho sem graça, tentando me recompor. – É, né... – já estava me afastando dele, mas olhei novamente para o Harry, lembrando dos momentos dele com o rapaz na salinha escura. Prove do próprio veneno, pensei, puxando Erick pela nuca e o beijando. Isso não está sendo maldoso apenas com o Harry, como também está sendo com o Erick. Eu sei que no fundo não gosto dele, e se ele nutrir algum sentimento por mim, isso vai ser estar o enganando. Mas, sabe, no momento eu não estou me importando muito com isso.

Ver perfil do usuário

328 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 11:40 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Apenas ri da resposta do ex-namoradinho do Robert e fui me sentar um pouco mais longe dele porque eu realmente não queria ficar perto de gente como ele. Peguei meu celular e liguei uma música qualquer esperando a magia acontecer, e olha, ela aconteceu rápido. Quando fui ver, Rob já estava lá, no maior beijo com o Erick. — AAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH ARRASA VIADOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!! — Berrei, quase subindo em cima do banco. — QUE LINDOOOOOOOOOOOOOS SHIPPO MUITOOOOOOOO!!! PROFESSOR DE FILOSOFIAAAAAAAA POR QUE A GENTE NÃO SEGUE ESSE EXEMPLO??? — Eu gritava descaradamente. Ah, ele não iria escutar de qualquer jeito. E se escutar, é bom, quem sabe ele gosta da ideia.
Fiquei tão empolgado com o que estava acontecendo que nem reparei de imediato que o loirinho traidor saiu de perto. Hahaha, parece que ele não aguentou. Agora deve ver o quanto é ruim encontrar uma pessoa que ama aos beijos com outra.



Erick Norman — 18 anos
Confesso que não esperava um beijo tão de repente como o que Robert me deu. Óbvio que eu não achei ruim, muito pelo contrário, só me pegou desprevenido. Decidi aproveitar e coloquei minhas mãos em sua cintura retribuindo o beijo, enquanto ouvia os berros de Nick ao longe.



Harry Atwood — 18 anos
A gota d'água pra mim foi quando Robert beijou o cara. Aquilo estava doendo, e muito. Eu nunca pensei que fosse tão ruim presenciar essa cena. Eu imagino o que Rob sentiu quando me encontrou na sala com Nate. Eu sou uma pessoa horrível, mereço tudo que estou sentindo agora.
Me levantei o mais rápido que pude e fui embora dali, não aguentava mais um segundo ficar vendo aquela cena e ainda ter que ouvir os berros de Nicholas apoiando tudo. Realmente, o mundo está contra mim.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

329 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 12:14 am



Robert Lawrence – 17 anos

Erick beijava bem, de verdade. E ele é uma boa pessoa, mas... Eu não consigo fazer isso. Simplesmente não consigo. Eu ainda amo o Harry, apesar do que ele fez comigo, eu não consigo parar de amar ele. Isso não vai sumir com um beijo que eu dou em outro garoto; pelo contrário, vai me fazer sentir mal, culpado.
Parei o beijo, me afastando de Erick. – Me desculpe... Eu apenas não consigo. – abaixei a cabeça e virei-me, apressando os passos para fora da escola, em direção à minha casa, sem me importar se ainda haveria aula no dia ou não.

...

Alguns dias haviam se passado e eu ainda não troco uma palavra com o Harry. Sofro com isso? Sim, mas tenho que superá-lo.
Enfim, Nicholas e David já haviam ido para casa, e eu estou apenas terminando de estudar para ir guardar meus livros no armário e ir para casa também.

Ver perfil do usuário

330 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 12:39 am



Erick Norman — 18 anos
Tudo estava muito bom, até o momento que Robert se afastou, dizendo que não conseguia fazer aquilo. No começo eu pensei que tivesse feito algo errado, mas então me lembrei de que ele terminou um namoro há pouco tempo. Provavelmente ainda gostava do cara.. — Tudo bem, Robert... — Suspirei, o vendo ir embora.  Me virei para olhar a reação de Nick, e ele parecia indignado. Apenas dei de ombros e sorri de modo sem graça. A vida tem dessas coisas.



Harry Atwood — 18 anos
Nesses dias que não troquei uma palavra com Robert acabei tendo uma ideia genial para que ele me perdoasse. Certo, talvez não fosse tão genial, mas ainda acho que seja uma boa ideia.
Usei toda minha falsidade para convencer a diretora a me deixar usar uma das salas vazia, e ela aceitou. Já estava tudo pronto, havia passado quase a tarde toda arrumando aquela sala, mas tudo bem. Terminei de afinar o meu violão e peguei um pedaço de papel e um lápis para poder escrever o bilhete chamando Rob.
"Se eu fosse você, correria para a sala 12. Preciso falar com você urgentemente." Escrevi isso, sem assinar meu nome e fazendo uma letra que não se parecia nada com a minha de costume. Eu conheço o Rob e ele é meio lerdinho, não irá pensar que sou eu.
Saí com cuidado para não trombar com ele nos corredores e fui correndo até seu armário, colocando o bilhete preso à porta. Em seguida, voltei para a sala o mais rápido possível e fechei a porta. Agora é só esperar ele.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

331 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 12:51 am



Robert Lawrence – 17 anos

Finalmente terminei de estudar e fui direto ao meu armário para guardar meus livros e finalmente poder ir para casa me jogar na cama e dormir até o ano que vem. Ao abrir a portinha, um papel caiu no meu pé, o que eu achei estranho, é claro. Ao ler o que havia escrito, achei que fosse o Harry, mas daí percebi que a letra não tem nada a ver com a dele, então acredito que seja outra pessoa. Ok, minha curiosidade venceu.
Guardei os livros, tranquei o armário e fui até a sala doze. O corredor está totalmente vazio, não sei se fico com medo e penso que alguém está armando para me matar ou se fico esperançoso e penso que vou receber uma declaração – na qual provavelmente não vou ser capaz de retribuir, já que... Né.
Enfim, abri a porta da tal sala e estava toda escura, e isso me deixou um pouco perdido. - ... Olá? – fechei a porta atrás de mim e procurei o interruptor com a minha mão. Ao acha-lo, e finalmente ligar a luz, arregalei os olhos com o que havia ali e com quem estava ali. O qu é isto? Meu deus, faz tanto tempo que não troco uma palavra com ele, é estranho estar aqui, a poucos metros de distância, a sós... – O-o que é... Isso?

Ver perfil do usuário

332 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 1:04 am



Harry Atwood — 18 anos
A sala não estava tão ruim. Tinha colocado alguns cartazes com fotos nossas e algumas frases de músicas que mostravam exatamente o que estávamos passando. Olha, se eu fosse o Rob, me perdoaria na certa.
Fui cortado dos meus pensamentos quando ele abriu a porta e acendeu a luz. Parecia supreso com tudo. — Bem... Surpresa — Dei um sorrisinho sem graça e me aproximei dele, segurando a sua mão — Er... Vem mais aqui — Disse, o puxando e logo largando sua mão. Peguei meu violão que estava num canto da sala e me sentei numa cadeira. — Ok... Eu não sei como começar isso direito, mas vamos lá.. — Respirei e contei até três, então comecei a cantar.
I'm gonna pick up the pieces
And build a lego house
If things go wrong we can knock it down

And three words have
Two meanings
There's one thing on my mind
It's all for you

And it's dark in the cold december
But I've got you to keep me warm
If you're broke then I will mend ya
And keep you sheltered from the storm
That's raging on now

I'm out of touch
I'm out of love
I'll pick you up
When you're getting down
And out of all these things I've done
I think I love you better now

I'm out of sight
I'm out of mind
I'll do it all for you anytime
And out of all these things I've done
I think I love you better now
Now

I'm gonna paint you by numbers
And colour you in

If things go right
We could frame it
And put you on a wall

And it's so hard to say it
But I've been here before
Now I'll surrender up my heart
And swap it for yours

I'm out of touch
I'm out of love
I'll pick you up
When you're getting down
And out of all these things I've done
I think I love you better now

I'm out of sight
I'm out of mind
I'll do it all for you anytime
And out of all these things I've done
I think I love you better now

Don't hold me down
I think the braces are breaking
And it's more than I can take

And it's dark in the cold december
But I've got you to keep me warm
If you're broke then I will mend ya
And keep you sheltered from the storm
That's raging on now

I'm out of touch
I'm out of love
I'll pick you up
When you're getting down
And out of all these things I've done
I think I love you better now

I'm out of sight
I'm out of mind
I'll do it all for you anytime
And out of all these things I've done
I think I love you better now

I'm out of touch
I'm out of love
I'll pick you up
When you're getting down
And out of all these things I've done
I will love you better now

Terminei de cantar, um pouco envergonhado porque eu não costumo cantar para ninguém. Me levantei da cadeira e coloquei o violão de volta no cantinho, então fui até Robert, parando em sua frente e segurando sua mão. — Rob... Eu sei que eu errei, errei feio. Eu fui um idiota em beijar o Nate aquele dia, eu realmente não sei o que aconteceu comigo, mas... Eu sinto muito. Eu nunca achei que isso doia tanto, mas quando te vi beijando o Erick aquele dia eu simplesmente não aguentei e decidi que tinha que fazer algo. Eu te amo, Robert, e estou pagando por todos os meus erros com você longe de mim. Se não quiser voltar comigo tudo bem, eu vou entender, mas realmente preciso que me perdoe, eu não aguento mais passar perto de você todo dia e nem ao menos poder dizer um oi. — Desviei o olhar, suspirando. Havia falado pouco, mas era tudo verdade. Agora espero que ele aceite meu pedido de desculpas.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

333 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 1:25 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Eu não sabia o que falar, estava paralisado com a boca aberta de tanta surpresa que isso me foi. Porém, não é uma sala cheia de pedidos de desculpas e fotos nossas que vai me fazer perdoa-lo. Se ele quiser perdão, vai ter que fazer muito mais que isso.
Tremi quando Harry segurou minha mão, lembrando que há tempos não toco nele de algum jeito (sim, dias para mim são uma eternidade quando se trata disso), mas andei até o lugar que ele me puxou. Outra surpresa; o violão.Ele vai cantar?
Arregalei os olhos quando Harry começou a cantar Lego House para mim. Não, Robert, não perdoe – era o que o meu lado mais racional dizia, porém o meu outro lado queria se jogar em cima dele e chorar até não aguentar mais.
Quando ele terminou de tocar a música, já pude perceber o meu lado trouxa querendo domínio sobre o meu corpo, ainda mais com o discurso que ele deu.Droga... Contra a minha vontade, lágrimas começaram a cair. Sim, eu estou chorando por isso.
Não dá mais...
Sem mais demoras, avancei em Harry com um abraço; mas não foi um simples abraço, foi um abraço que eu vim acumulando nesses últimos dias e não pude dá-lo devido ao que veio acontecendo... Só que agora não vou me segurar.
Minha tia sempre diz que o perdão é necessário, acho que eu posso tentar seguir isso. Eu o perdoo, sim, mas isso não quer dizer que eu vou esquecer.
– V-você é um idiota... – solucei em meio as lágrimas – Nunca mais sequer pense em fazer isso de novo, entendeu? – apertei o abraço.

Ver perfil do usuário

334 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 1:45 pm



Harry Atwood — 18 anos
Todo aquele peso na consciência que estava sentindo foi embora quando Robert me abraçou, chorando. Retribui o abraço sem pensar duas vezes, era tão bom tê-lo de volta depois de tanto tempo separados. Eu nunca pensei que ficar longe da pessoa que ama podia ser tão doloroso. — Eu sei que sou — Concordei, ao ouví-lo dizer que eu era um idiota. — Eu prometo que não farei mais isso.. Eu não quero correr o risco de te perder de novo. Eu não sou nada sem você — Disse, o abraçando mais forte. Me afastei então e o encarei, com um pequeno sorriso no rosto. — Juntos de novo?

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

335 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 2:45 pm



Robert Lawrence – 17 anos

De algum jeito a promessa dele me acalmou e me fez sentir que dessa vez ele está falando a verdade. – Eu também não sou nada sem você... – sorri, porém ainda lacrimejando. Afastamo-nos do abraço e eu enxuguei minhas lágrimas, encarando-o. – Eu acho que sim... Haha. – ri sem graça, me lembrando de uma coisa. – Mas... Harry... Sobre a minha tia...É, acho que ela não vai conseguir te perdoar assim... – Ela está realmente de mal com você, eu não sei se você vai conseguir entrar lá em casa sem ser esmagado pela aura dela... – cocei a nuca. Claro que eu tentaria conversar com a Abby, mas seria difícil, ela é muito protetora comigo.

Ver perfil do usuário

336 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 3:07 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Se passaram alguns dias e eu tive a terrível notícia de que o Robert e o Harry voltaram. Estou desapontado mas não tô surpreso, já era de se esperar que os dois voltariam, Robert não nasceu para essa vida.
Nesses últimos dias eu tenho ficado meio na bad porque todos meus amigos estão namorando e eu não. Ok, ok, eu sei que sou uma vagabunda, mas me deixa tristinho saber que tá todo mundo aí feliz beijando etc etc e eu aqui encalhado. Eu estou tentando há um tempão conquistar o professor de Filosofia MAS ELE SIMPLESMENTE NÃO ME DÁ BOLA!!! Sinceramente, estou quase desistindo. Acho que não ficaremos juntos de qualquer jeito, o que é uma pena, porque eu realmente acho que estou começando a gostar dele. Antes era só uma atração, agora estou sentindo realmente algo. Ai que cafona, Nick, pensei, balançando minha cabeça e começando à andar para o lado de fora da escola. A aula havia acabado e agora tudo que eu queria era me jogar num pote de sorvete enquanto assisto algum filme pra chorar.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

337 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 3:29 pm



Michael Morgan – 18 anos

Engraçado, eu tenho uma queda por um garoto de outra escola que provavelmente não lembra nem o meu nome e, de todos os dias que eu tive para pedir para ficar com ele, só tive coragem agora.
Esperava ele do lado de fora da escola quando finalmente o vi saíndo. É tão lindo... Balancei a cabeça, ok, Mike, concentre-se. Fui até ele e o parei. – Hey, Nicholas! – sorri. – Não sei se você lembra de mim, mas sou eu, Mike. – ri fraco para disfarçar. Oh, merda, estou nervoso. – Bem... não sei como começar isso – Eu preciso conversar com você... – cocei a nuca, um pouco desajeitado. – Talvez num lugar mais... Privado?Meu deus, Mike! Você parece um tarado! – Sem segundas intenções, é claro! – novamente, ri sem graça para disfarçar a situação.

Ver perfil do usuário

338 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 3:53 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Estava calmamente saindo da escola cantando Cool for the summer quando um garoto bonito chegou em mim, e me chamava até pelo nome! Mas gente, quem é esse? Eu nunca vi na vida... Se eu vi, não lembro. Tirei um dos meus fones de ouvido da orelha e o olhei. — Er... Hey... — Cumprimentei, com um sorriso do tipo "quem é você e o que quer comigo?". Em seguida, ele se apresentou como Michael, mas isso não ajudou em nada porque continuava achando que ele era um desconhecido. — An... Michael... Sim.... — Continuei pensando, e só depois de muito tempo fui associar quem ele era — AHHHHHH MICHAEL!!! LEMBREI!!! Ei, como vai? — Perguntei.  Então, ele disse que precisava falar comigo e eu já gelei, tenho medo de quando as pessoas dizem que precisam falar com a minha pessoa, geralmente é porque eu fiz alguma besteira. — Eita... Ok... Podemos ir alí atrás da escola — Apontei, e ri quando disse que não tinha segundas intenções. — Ah, se quiser ter segundas intenções também tudo bem — Ri. Você nem lembrava quem era o rapaz e agora já está aí falando essas coisas pra ele, caramba hein Nick?, a voz da minha consciência disse. É o que o desespero faz com a pessoa.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

339 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 4:14 pm



Michael Morgan – 18 anos

Tenho que admitir que dói um pouco ele mal lembrar de quem eu sou, apesar de que eu já imaginava que isso fosse acontecer. Nós só nos falamos uma ou duas vezes, por que ele lembraria, certo? Haha... – Vou bem... – respondi com um sorrisinho quando ele finalmente lembrou de mim. Bem, não deve ter lembrado muita coisa, mas ok.
– Atrás da escola? Ok. – comecei a andar com ele até lá. Haviam algumas bicicletas estacionadas no fundo, mas ninguém por perto. Perfeito.
Tive que rir quando ele disse que eu poderia ter segundas intenções. Acho que estou mais livre para falar o que eu vim falar, então. – Ok então... Bem... – pausei – Eu sei que isso parece coisa de quinta série, mas eu gosto de você.FINALMENTE FALEI!! – Então... Se nós... Hum...como pedir para beijar uma pessoa sem parecer um total estranho?

Ver perfil do usuário

340 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 4:54 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Fomos para a parte de trás da escola, confesso que estava curioso para saber o que ele gostaria de dizer para mim. Sabe, é muito estranho uma pessoa que você não via há séculos chegar em você e falar que precisa conversar, mas eu decidi não comentar nada sobre isso.
Chegamos lá e ele foi logo direto ao ponto: Estava gostando de mim. — O que? — Perguntei, chocado. Mas quantas vezes havíamos nos falado??? Três??? A pouco tempo eu nem me lembrava dele, e agora já está dizendo que gosta de mim?
Ok, isso é fofo. É muito bonitinho saber que alguém sente algo por você, mas eu realmente não podia fazer nada, visto que agora estava afim do professor. — Olha, Michael, eu... — Então parei de falar e pensei. Posso não gostar dele, mas que mal tem dar uns beijos nele? O Nicholas ultimamente mal tem olhado na minha cara, e eu não aguento mais ficar tanto tempo sem ter contato com alguém, é torturante.
Sorri para ele e então fui me aproximando, ficando a pouca coisa longe dele. — Acho que eu sei onde você quer chegar — Disse, o beijando em seguida. Beijá-lo uma vez não vai fazer mal, além disso, não estou comprometido com ninguém. Não posso perder uma oportunidade dessas.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

341 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 5:27 pm



Michael Morgan – 18 anos

Ok, acho que eu quero enfiar minha cabeça num buraco agora, porque a reação dele não parece ter sido boa. Eu já estava pronto para suspirar e dizer que tudo bem e que ele não era obrigado a me corresponder quando o vi se aproximando de mim. – Sabe? – sorri de canto, em seguida ele me beijou. Me pegou de surpresa, eu gostei disso. Passei minha mão por sua cintura, o puxando para mais perto de mim. Aquilo estava ótimo.



Henry Clarence – 27 anos

Já havia acabado de dar todas as aulas do dia, agora estava pronto para voltar para casa e descansar para amanhã. Eu não sei até quando isso vai ser rotina, mas imagino que todo esse tédio não vai continuar por muito tempo, de acordo com o que eu venho observando, o que Nicholas tem por mim não é mais apenas uma queda. Ao menos eu acho. Eu não sei porque, mas fico feliz por isso.
Enfim, estava indo buscar minha bicicleta atrás da escola enquanto cantarolava baixinho Smoke and Mirrors – música que tem muito a ver comigo, sinceramente. – You’re a fraud and you know it, but it’s too good to throw it all aw- – parei de cantar quando vi uma cena que particularmente me deu... Eu não sei. Raiva? Decepção? Talvez tudo junto. Há pouco tempo eu estava supondo que ele realmente sentia algo por mim, e agora ele está aqui, beijando outro garoto bem na minha frente. Eu nunca deveria ter confiado em uma criança.
Aliás, não sei porque estou irritado com isso, não sei...
– Que bonito, Nicholas. – tossi falso enquanto tirava o cadeado da minha bicicleta sem parar de olhar para os dois – Parece que, no fim, eu não estava errado. – soltei uma risada sarcástica. Merda, Henry, se controle. Você ainda é o professor de filosofia super calmo e que não se abala com essas coisas. – Bem, não posso dizer que eu não esperava isso vindo de você, certo? – me apoiei na minha bicicleta com um sorriso falso.

Ver perfil do usuário

342 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 6:15 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Isso só pode ser uma brincadeira comigo.., pensei ao ouvir a voz de Nicholas. Me afastei rapidamente do beijo(que aliás, estava ótimo) e o encarei. — Mas que droga — Murmurei, ouvindo as palavras do professor. — Olha, eu... — Eu ia dizer mais alguma coisa, só que a última frase dele acabou me deixando um pouco... Revoltado. Ele está dizendo que já esperava que eu beijasse outro garoto? Engraçado, eu me agarrando com outro ele vê, mas que eu estou quase morrendo de tanto me esforçar pra fazê-lo gostar de mim, isso ninguém nota, né? Todo mundo só olha para o lado vagabunda do Nick. — Escuta aqui, professorzinho — Me virei para Mike um momento e mandei que ele esperasse lá, então fui até o professor e parei na sua frente. — Eu esperei por todo esse tempo e você nem ao menos olhou na minha cara, e agora acha que tem o direito de falar dessa maneira? Nicholas, todas essas semanas eu fiquei como um idiota fazendo de tudo para provar que eu conseguia ser diferente. Eu me esforcei para me tornar uma pessoa melhor, eu parei de me encontrar com trocentos garotos... Até estudar sua matéria eu estudei, e olha que eu nunca estudo! Você é lerdo ou o que? Será que não viu que todo esse tempo eu estava mostrando que eu podia sim ser um namorado decente? Ah, mas é claro que você não viu, né? Você não viu porque nem ao menos me dar um bom dia me dava! Não vou mentir, nesses últimos dias eu tenho sentido que estou gostando de você de verdade, não apenas uma atração como era antes.. Mas eu estou cansado, ok? — Desviei o olhar — Eu estou cansado de tentar fazer de tudo e você não reconhecer isso. Eu também tenho sentimentos, certo? E se você quiser descartá-los todos de uma vez, diga logo, e não fique brincando com eles como está fazendo.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

343 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 6:52 pm



Michael Morgan – 18 anos

O beijo estava ótimo, maravilhoso, mas infelizmente algo nos atrapalhou. Ou melhor, uma voz. Eu estou super confuso agora. Nicholas não parece estar muito feliz com a presença do outro ali, afinal, quem é ele?
Ia abrir a boca para falar alguma coisa, porém Nick pediu que eu esperasse e desceu o discurso no homem. Congelei.
Sim, eu pude ouvir tudo, não é incrível? No único dia que eu resolvo me declarar, no único dia que uma pessoa que eu gosto me beija, é também o dia em que essa mesma pessoa faz um discurso romântico/agressivo sobre, basicamente, querer ser namorado de outro cara.
Quer saber? Eu que não fico mais aqui.
– Ok, adeus. – tentei não falar muito alto – também, ninguém se importa – e saí dali o mais rápido que eu pude. Acho que vou para a minha casa comer um pote de sorvete e dormir. Amanhã eu tento seguir em frente e achar outra pessoa, já que claramente não posso ter o Nicholas.



Henry Clarence – 27 anos

Arqueei as sobrancelhas ao ver Nicholas vindo em minha direção e me chamando de ‘professorzinho’. Oh, ele pensa que me conhece? Pensa que pode vir com essa autoridade? – Mias. Respeito. – falei entre pausas, ouvindo ele mandar o garoto esperar ali e começar um discurso para mim.
Meu rosto, que antes estava formado por raiva, agora está surpreso. Eu não esperava isso vindo dele. Quanto mais ele falava mais eu me sentia culpado. É... Realmente. Eu me tornei tão focado nesse “golpe” que acabei usando isso de desculpa para dizer que não me importo com ele. Espera... O quê? O que eu acabei de pensar? Me importar com o Nicholas? arregalei os olhos. Não, não. De jeito nenhum. Eu me preocupo apenas com o dinheiro dele.... Ou não.
– Nicholas... – olhei-o nos olhos e suspirei – Eu fui infantil, perdão. – pausei. Droga, eu quero enfiar a minha cabeça em um buraco, mas tenho que encarar isso de forma adulta. – Eu não quero descartar os seus sentimentos nem brincar com eles, Nicholas. – isso não é mentira, eu acho – Me desculpe por não reconhecer os seus esforços. Admito que não fui justo ao falar essas coisas de você.

Ver perfil do usuário

344 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 7:13 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Que bom que sabe que foi — Disse, cruzando os braços e esperando ele dizer mais alguma coisa. Tive que suspirar quando ele falou que não queria brincar com meus sentimentos nem descartá-los, pois não era isso que parecia. Fiquei quieto esperando ele terminar de falar e então olhei pra baixo — Tudo bem, eu te desculpo.. — Voltei a olhar pra ele — Mas é sério, Nicholas. Eu simplesmente não aguento mais esperar tanto por alguma coisa que parece que eu nunca vou ter.. — Fiz uma pausa e pensei muito antes de perguntar o que queria saber. — Fale a verdade, ok?... Você... Está gostando de mim? Está valendo a pena todo o meu esforço? Por que se não tiver e você dizer que não está valendo nada eu juro que vou partir pra outra porque o garoto aqui at...— Me virei para olhá-lo, mas não tinha ninguém. Coitado, me importei tanto com o meu discurso que até esqueci que ele estava ali. Depois eu tento falar com ele, acho que não daríamos certo juntos mesmo..

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

345 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 8:58 pm



Henry Clarence – 27 anos

Suspirei um pouco aliviado por ele ter me perdoado, mas senti uma pequena agonia com o que ouvi a seguir. Eu realmente não sei como responder a pergunta dele, porque pode parecer algo simples, mas é complicado. “Gostar” é uma palavra forte demais para mim, que no meu estilo de vida procuro não me apegar a ninguém, mas... – Sobre isso, Nicholas... – desencostei da minha bicicleta – Cada coisa tem seu tempo. O que eu posso te dizer é que eu não estou brincando com os seus sentimentos e não tenho essa intenção. – me aproximei dele e o abracei – Você entenderia, se me conhecesse, que essa questão é muito complicada para mim. – falei um pouco baixo, me lembrando de algumas coisas.

Ver perfil do usuário

346 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 9:05 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Confesso que acabei ficando um pouco decepcionado com a resposta dele. Depois de tudo que fiz, tudo o que tive que passar, tudo que falei, ele ainda não estava apaixonado por mim. Mas o que eu preciso fazer para esse homem realmente gostar de mim? — Bem, saber isso já me deixa um pouco mais feliz... — Disse, com uma voz de decepção notável. Então, ele me abraçou, me fazendo ficar um pouco mais confortável. Retribui o abraço e suspirei, ouvindo o que ele tinha para me dizer ainda. — Tudo bem... — Fiz uma pausa— Então acho que vou ter que me esforçar mais um pouquinho ainda.. — Ri fraco, para quebrar aquele climão que tinha ficado.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

347 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 9:23 pm



Henry Clarence – 27 anos

Ele não escondia muito bem a decepção pela minha resposta, mas tudo bem, eu entendo. – Isso não quer dizer que eu não goste de você, Nick. – tentei explicar com um sorriso fraco. Acariciei o cabelo dele durante o abraço e suspirei fundo – Você não precisa mais se esforçar, eu sei o quanto você se importa comigo. – falei, me soltando do abraço – Mas, como eu disse, “gostar” é uma questão complicada para mim. – ri fraco para disfarçar
– Olha, o que você acha de vir comigo para a minha casa? Assim nós podemos conversar. – ofereci, mas claro, sem nenhum duplo sentido por trás. Por sorte, Mozzie alugou uma nova casa, agora não estamos mais vivendo em um hotel... Apesar da casa ainda ser bastante pobre.

Ver perfil do usuário

348 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 9:48 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Você gosta de mim, só não o tanto que eu quero.. — Falei, dando um riso triste. Senti a mão dele acariciando meus cabelos e não pude deixar de sorrir. Claro que ainda não estávamos nos pegando, mas só pelo fato de estarmos dessa maneira - abraçados - já me deixava feliz. Nos afastamos do abraço então e eu continuei sorrindo daquela maneira boba pra ele. Argh, eu estou tão caído por ele. — Tudo bem, Nicholas. Mas eu vou fazer essa "questão complicada" se tornar fácil, vai por mim — Ri fraco. Ele então me chamou para ir na sua casa, o que já me fez pensar em segundas intenções, por mais que ele tivesse dito que iríamos apenas conversar. Ora, eu posso estar mais apaixonadinho, mas não deixei de ser o Nick que todo mundo conhece. Era claro que eu ia pensar besteira, por mais que não quisesse. — Hmm, pode ser! — Concordei, animado.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

349 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 10:11 pm



Henry Clarence – 27 anos

– Será? – ri fraco e fiz um pouco de suspense para aliviar o clima ali. Apenas sorri quando ele disse que ia tornar a minha “questão complicada” em algo fácil, veremos. Enfim, sendo Nicholas como é, obviamente levou minha frase no duplo sentido, mas isso não tem problema, é como ele é. Isso eu não posso mudar. – Ótimo, então... – desencostei minha bicicleta da parede e subi nela, colocando um pé no pedal e o outro no chão, apoiando. – Eu não tenho um carro, então você vai ter que ir de carona comigo em uma bicicleta. – sorri. Sei que um garoto rico como Nicholas não deve gostar da ideia, mas eu não tenho muita opção aqui.

Ver perfil do usuário

350 Re: *** RPG ***** em Qui Dez 03, 2015 10:27 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Claro que sim — Ri também. Esperei ele pegar as chaves do carro e me levar pra casa dele, mas então lembrei que ele estava de bicicleta. — Você não acha mel... — Ia sugerir para que usássemos meu carro, mas então me lembrei que se fosse de bicicleta, poderia me agarrar à ele e usar a desculpa de que não queria cair. — Hm... Nada não — Disse, indo me sentar atrás dele na bicicleta. Quase caí, mas depois consegui subir lá. O abracei e fui logo dando a desculpa — Estou te abraçando só para não cair, ok? — Avisei, mesmo que fosse notável que não era só por causa disso.  

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 14 de 15]

Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum