Youth

BEM VINDO AO VALE DOS HOMOSSEXUAIS


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

*** RPG *****

Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14, 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 13 de 15]

301 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 12:49 am



Nate Williams – 19 anos

Se eu sabia que ele estava tentando resistir ao meu corpinho maravilhoso, mas claro, sem sucesso? Sim, porém estou pouco me ferrando para isso. As consequências de Harry estar traindo o “alguém” que ele está junto são do próprio Harry, não minhas. Eu só estou aqui atrás de uma transa, ele que se dê mal com a sua vida depois.
Deslizei a mão por todo o corpo dele, aproveitando o momento que pausamos o beijo para retirar a minha blusa também.



Robert Lawrence – 17

Eu sou muito esquecido, onde já se viu esquecer um caderno na escola? Sério, que isso não se repita, Robert.
Enfim, eu pude vir andando de casa, já que não era muito longe, e já estava no colégio. Por sorte a sala estava aberta e eu pude pegar o meu caderno, mas quando estava saindo desta sala ouvi barulhos na que havia ao lado. Obvio, isto me deixou curioso. Pareciam... Não sei, algo batendo na parede, nos móveis, no chão...? E alguns... Eu não sei se tenho certeza, mas acho que são gemidos.
Ri baixinho, lembrando-me do Harry. Se isto for o que eu estou pensando, e duas pessoas estiverem ai fazendo “aquilo”, eu vou ter muito o que comentar com ele.
Talvez seja maldade invadir a privacidade de alguém assim, mas eu abri a porta na intenção de ver o que estava acontecendo, mas...
Não acredito.
Isso... Não está... Acontecendo...
Minhas mãos ficaram trêmulas, aliás, meu corpo todo ficou. Eu não conseguia me mover, não conseguia respirar. Eu só quero morrer, pensei, ao ver Harry ali, se agarrando com um homem que eu sequer conheço.
Não acredito que ele fez isso comigo.
Meus braços se enfraqueceram e meu caderno caiu no chão, em seguida não consegui segurar as lágrimas. Aquilo doía, e demais. Eu só queria me jogar no chão e tremer até o ano que vem, mas eu não podia, não ali, com aqueles dois na mesma sala que eu.
Então sai correndo sem fechar a porta, com o destino à minha casa, é claro.
Chorei o caminho todo, sim. E continuo chorando. Chegando lá, apenas abri a porta e corri até a minha tia para abraça-la. Ela continuou perguntando o que havia acontecido, e eu conseguir contar a história apenas quando o choro diminuiu – mas não parou.
Contei tudo em detalhes, inclusive minha reação e como eu estou me sentindo agora. Eu nunca quis tanto desaparecer na minha vida. Logo o Harry...

Ver perfil do usuário

302 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 1:06 am



Harry Atwood — 18 anos
Permaneciámos daquela maneira quando ouvimos a porta se abrir e algo cair no chão. Eu gelei imaginando que poderia ser algum professor ou até mesmo a diretora, mas me senti pior ainda ao ver quem era a pessoa que estava lá parada, nos encarando. Era ele. Aquilo só podia ser alguma brincadeira comigo, não é possível. Ele estava sabe-se lá onde até agora, por que justo agora tinha que aparecer e nos atrapalhar?
Prestei atenção no que havia acabado de pensar e balancei minha cabeça, empurrando Nate rapidamente e recolocando minha camiseta. Caramba, onde eu estava com a cabeça? Por que eu fiz isso? Eu sou a pior pessoa do mundo. — R-Rob, eu... — E quando vi ele já tinha ido embora, me deixando naquela sala com Nate e me sentindo péssimo. — Olha o que você fez, estragou todo meu namoro. Está feliz? — E me retirei de lá, com raiva. Estava sendo meio hipócrita em jogar a culpa nele sendo que eu também era culpado. Eu havia cedido, eu também estava errado.
Fui o mais rápido que pude até a casa do Rob, que provavelmente uma hora dessas já estaria se desmanchando em lágrimas. Acho que toquei a campainha umas três vezes antes de parar e ficar esperando que alguém me atendesse. Sabia que provavelmente ele não me perdoaria, mas não custa tentar.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

303 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 1:27 am



Nate Williams – 19 anos

Estava tudo ótimo até o momento que alguém abriu a sala e deixou algo cair no chão. Harry, num instante, me empurrou. Com essa ação eu supus que fosse o namoradinho dele, que saiu correndo e chorando. Oh, que pena, parece que o coração de alguém se quebrou, haha.
Apenas ergui uma sobrancelha quando Harry colocou a culpa toda em mim. – Oh, baby. Admita, você estava aproveitando enquanto eu “estragava o seu namoro”. – soltei uma risada, mas ele saiu para não sei onde, me deixando sozinho aqui sem camisa.
É, vou ter que achar outro otário para enganar.



Abigail L. Monroe – 37 anos

Estou pasma com tudo o que Robert acabou de me contar. Eu achei que conhecia o Harry, achei que ele fosse o cara certo para o meu sobrinho, achei que eles um dia fossem se casar e eu estaria lá para gritar com orgulho que eles tem, ou melhor, tinham a relação mais bonita que eu já vi na minha vida. Acima de tudo, não achei que Harry fosse esse tipo de pessoa.
Já dei vários remédios para ajudar o Rob a dormir, e finalmente ele está descansando agora, mas não foi fácil... Doeu no meu coração ver o quanto ele chorou, e dói ainda mais apenas de pensar como ele deve estar se sentindo com tudo isso. Não sei como meu sobrinho vai passar por tudo isso, mas eu vou permanecer ao seu lado.
Apenas me digo uma coisa: nesta casa o Harry não entra mais.
Pensando nisso, ouvi a campainha tocar. Não parei para pensar quem poderia ser, apenas fui até a porta e atendi, sentindo uma onda de raiva, ou decepção, ao ver quem estava ali; como ele se atreve a fazer uma coisa dessas e ainda aparecer por aqui, no meu solo sagrado? – O que você está fazendo aqui? – falei com um tom frio. Não vou gritar com ele, não vou bater nele ou xinga-lo, até porque sou uma adulta e o Harry não é nem meu filho, mas não sou obrigada a ser gentil com uma pessoa que está fazendo meu garoto sofrer – Eu estava errada sobre você, Harry. Por favor saia daqui e não volta nunca mais.

Ver perfil do usuário

304 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 1:45 pm



Harry Atwood — 18 anos
Eu queria que Rob me atendesse, mas por azar acabou sendo a tia dele, e ela não estava com uma cara nada boa. Rob certamente havia contado tudo, e eu me senti muito mal com isso. Abigail sempre gostou muito de nosso namoro e era provavelmente a pessoa que mais gostava de mim no mundo, depois do Rob.
Veja só, e você conseguiu magoar os dois!
Soltei um suspiro e ouvi o que ela me disse. Não sei qual das coisas que eu sentia era pior: Nojo de mim mesmo, raiva, tristeza ou vergonha. Não tinha nada pior do que aquilo. — Abigail, eu sinto mui... — Não adianta sentir muito agora, Harry. Esse meu pensamento me fez parar de falar e ouvir o que ela estava me dizendo. Me mandava embora, e pior, dizia que não era para aparecer lá nunca mais. Apenas suspirei e assenti. Ela estava certa, o que eu fiz não tem perdão e eu não mereço ficar lá. Coloquei as mãos no bolso da calça e antes de me virar para ir embora, olhei para ela. — E-Eu só queria dizer que eu realmente estou me sentindo péssimo pelo que fiz, e queria pedir desculpas para o Rob por ter magoado ele.. E me desculpe por ter decepcionado você também — Falei, desviando meu olhar. — Sei que não vão me perdoar, até porque não mereço, mas... Bem, eu precisava dizer isso. Então... Adeus. — Eu dei um sorriso triste mas logo o desfiz e me retirei de lá, indo direto para minha casa. Eu me sentia péssimo. Se pudesse escolher um momento para morrer, escolheria agora.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

305 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 2:43 pm



Abigail L. Monroe – 36 anos

Cruzei os braços, apenas observando as tentativas dele de se defender. Ele deveria saber que apenas desculpas não são suficientes para o que ele fez com o Rob. É uma pena mesmo que uma pessoa tão boa revele ser infiel desse jeito.
– Desculpas não são suficientes, Harry. – eu deveria dá-lo um belo sermão, mas não estou com paciência para isso agora, só quero que ele vá embora e fique longe do meu garoto. Robert ainda não sabe lidar com esses problemas sérios da vida, como traição, então prefiro protegê-lo da crueldade que existe ai pelo mundo.



Robert Lawrence – 17 anos

Acordei meio tonto por causa de todos os remédios que tomei ontem para conseguir dormir, junto com uma enorme vontade de não aparecer nunca mais naquela escola. Eu não quero mais olhar na cara do Harry, não quero mais ouvir a voz dele ou até mesmo o nome dele. Eu juro, se algum dia eu for namorar de novo, vou passar longe de pessoas com o nome Harry.
Eu continuaria deitado, mas a minha tia chegou para abrir as cortinas e puxar meu cobertor. Ela quer que eu me levante da cama? Sério? Estou deprimido demais para andar.
– Não me diga que o senhor está pensando em matar aula, Robert. – ela disse, cruzando os braços.
– Não é a aula que eu quero matar, tia. – respondi com a voz triste e sonolenta. Ela apenas sentou-se ao meu lado e começou a acariciar o meu cabelo. – Oh, Robert, querido... Não deixe isso afetar seus estudos. Você vai mesmo ser o fraco que fica na cama o dia inteiro? – perguntou, me olhando sério. – Vou. – dito isso, ela deu um tapinha na minha cabeça. – Nada disso! Você vai se levantar, colocar uma roupa diferente e ir para a escola com um sorriso no rosto, mostrando que você é melhor e que pode superar o que ele fez com você. – em seguida se levantou, me puxando junto. Eu continuo desanimado. – Mas aí que tá, tia. Eu não posso superar isso. – suspirei já em pé enquanto ela procurava uma roupa para mim.
– Mas é claro que pode! Você pode tudo, é só se concentrar. – Abby sorriu, virando para mim com um conjunto de roupas que eu nunca usei na vida. – Agora vá, vista isso. Eu vou estar te esperando na sala. – antes de sair, deu um tapinha na minha bunda e fechou a porta.
Suspirei. Não posso fazer nada sobre isso, eu acho...
Tomei um banho e coloquei a roupa que ela separou, até que ficou legal em mim, devo admitir. Mas não é com beleza que estou preocupado agora. Enfim... Fui até a sala ainda desanimado, minha tia falou mais algumas coisas sobre eu ter que ser melhor, ter que superar, bla bla bla. Eu já entendi, mas isso não vai ser fácil.
Depois de me despedir dela, fui andando até a escola. Algumas pessoas pareciam surpresas ao me ver, eu não sei porque... Talvez por causa da minha roupa? Ah, tanto faz. Me sentei em um banco aleatório e fiquei esperando a aula começar.

Ver perfil do usuário

306 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 3:07 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Lá estava eu, toda rainha no colégio esperando o sinal tocar quando vi algo que não chamou só minha atenção, mas de todo mundo na escola. Robert Lawrence, o namoradinho brega do Harry sem graça todo estiloso e gato. Que mudança! O que aconteceu com ele? A Fashion Police deu um toque para ele?
Mas o que mais me deixou pensativo foi o fato de que ele não estar andando com o namorado chato. Podia não significar nada, mas também pode significar muita coisa. Mas gente, será que eles terminaram??
Claro que euzinho, curioso como sempre, não podia deixar essa informação passar. Perguntei para algumas pessoas se elas sabiam o que estava acontecendo mas ninguém conseguiu me informar, então coloquei um sorriso no rosto e fui até o banco onde Robert estava sentado. — HEYYYYYYY ROB!!! — Berrei, me sentando do lado dele — Como vai você?? — Perguntei, eu não ia perguntar logo de cara né — ENTÃO O QUE ACONTECEU COM VOCÊ?? POR QUE MUDOU TANTO?? TÁ BONITÃO, HEIN, NEM PARECE O ROBERT QUE TODO MUNDO CONHECE.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

307 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 3:15 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Me assustei quando um dos garotos mais populares e polêmicos do colégio veio sentar ao meu lado e berrar no meu ouvido. Apenas dei uma risada sem graça, não sabendo o que fazer e muito menos entendendo porque ele veio falar comigo agora.
- Oi... – cumprimentei ele também, em seguida ouvindo sua pergunta, o que me deixou um pouco para baixo. Tentei disfarçar que estou no fundo do poço, mas provavelmente não deu muito certo. – Ah... Eu vou b-bem, e você? – forcei um sorriso.
Ok, veio mais uma pergunta que eu não soube responder. – M-mudei? – ri, sem graça. – Ah... Eu... – procurei uma resposta na minha cabeça – Mudanças são boas... Às vezes. Haha. – cocei a nuca um pouco envergonhado. Eu adoraria desabafar com alguém, mas esse cara não é nem meu amigo, então acho melhor ficar quieto.
Mas, pelo lado bom, se continuar conversando com ele talvez não note quando Harry chegar na escola.

Ver perfil do usuário

308 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 6:13 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Vou ótimo — Sorri. Eu não quero conversar, quero saber o que aconteceu, pensei enquanto observava ele gaguejar e se fazer de sonso. Claramente pode-se ver que aconteceu alguma coisa, agora cabe à mim descobrir o que houve. — Robert, por favor. Você vive usando roupas de vó e num outro dia, do nada, vem pra escola todo estiloso. Não é uma simples mudança — Arqueei uma sobrancelha — Além disso, você chegou sem seu namoradinho, sendo que até ontem viviam grudados um com o outro, dava até nojo. Anda, conta pro titio Nick o que aconteceu. — Cruzei minhas pernas e fiquei o encarando, esperando que me dissesse o que estava se passando. Posso parecer um pouco intrometido, mas é minha função saber da vida dos outros e dar a opinião. E se ele estiver passando por um mau momento? Eu quero tentar ajudar.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

309 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 6:31 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Não demorou muito para ele admitir que estava aqui atrás de informação. Bem, não estou surpreso, mas... Espera! Por que eu estou hesitando em contar a história? Foi o Harry que me magoou, ele é a fonte de tudo isso, não sei porque continuo o protegendo. Sou muito otário.
– Roupas de vó? – talvez isso tenha me magoado um pouco – Não foi nada, eu apenas achei essas roupas no meu guarda-roupa e... – parei de tentar inventar desculpas quando ele citou o Harry. Não pude evitar fazer uma cara de desgosto, raiva e decepção. Não, eu não estou com raiva do Nicholas por me lembrar dele, eu estou com raiva do próprio Harry por ter me dado um motivo para lembrar disso. – Ah, você está falando da mesma pessoa que estava se agarrando com um cara em uma sala escura ontem e que por coincidência eu acabei flagrando? – ao falar tudo isso da boca para fora, arregalei os olhos e cobri minha boca com as mãos. Merda, eu não deveria sair espalhando isso por aí, vai ser vergonhoso para mim ser conhecido como o trouxa que foi traído.



David LaGuerta – 18 anos

Eu estava andando pelo pátio normalmente sem o Charles comigo – já que à essa hora ele deve estar jogado no sofá, sofrendo com uma ressaca – quando vejo uma cena interessante; Nicholas estava conversando com o namorado brega daquele garoto sem graça, que aliás, não estava tão brega assim. Por curiosidade me aproximei dos dois e tudo o que pude ouvir foram as últimas palavras do garoto. TRAIÇÃO? – MENTIRA!!! – sentei ao lado deles – Sério mesmo? Aquele cara lá te traiu? O sem graça? – ok, talvez eu esteja o pressionando um pouquinho, mas não tenho culpa! O casal mais chato da escola acabou de virar uma história interessante, apesar de que eu acho uma puta sacanagem o outro trair esse carinha ai (suponho que se chama Roberto, ou algo parecido) – Roberto, você precisa esquecer esse cara.

Ver perfil do usuário

310 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 6:44 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Sim, amore. Roupa de vó. Desculpa minha sinceridade, mas eu estava quase te doando algumas roupas porque olha, cada vez que eu te via andando pela escola eu chorava sangue. — Disse. Não ia mentir, todos sabem que eu nunca minto quando o assunto é essas coisas. Percebi que ele parou de falar do nada e começou a contar o que realmente havia acontecido com o namoradinho dele, me deixando de boca aberta. Estava quase berrando algo quando o David brotou de algum lugar berrando — AI DESGRAÇADA, DE QUE PLANO DE TORMENTA VOCÊ SAIU? — Berrei — VOCÊ VIU AMIGA?? O LOIRINHO CHATO CHIFROU ELE!!! GENTE EU TO PASMO!!! — Não dava pra acreditar que aquele moleque com cara de santo havia feito tal coisa com o Robert — Verdade, Robinho. Se ele te traiu o azar é dele, bola pra frente. Agora que tá todo lindão, ele vai se arrepender muito por ter feito isso! — Disse, tentando consolar ele — Se eu fosse você, daria o troco e me agarraria com um cara bem lindão na frente dele. Eu fiz isso quando fui traído, só que peguei dois gêmeos. — Suspirei sorrindo, me relembrando daquele dia — Não me arrependo de nada — Ao perceber que tinha me desviado do assunto, dei uma leve tossida e fingi que não tinha dito nada. — Enfim, amiga, esqueça esse garoto. Tem outros bem mais legais que ele por aí. — Aconselhei, dando de ombros.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

311 Re: *** RPG ***** em Dom Nov 29, 2015 7:22 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Talvez ele não esteja errado sobre as roupas de vó. Realmente... Acho que vou me vestir mais apropriadamente daqui para frente. – Ah... Ninguém nunca me avisou sobre as minhas roupas... – cocei a nuca.
Me assustei com o aparecimento repentino do outro rapaz, que acabou sabendo da minha história também. Ótimo, agora o resto da escola vai saber também. – Amh... Sim... – desviei o olhar por um pouco. Percebi que os dois tinham bastante intimidade pelo jeito que conversavam, ou melhor, gritavam um com o outro.
Apenas observei os dois enquanto falavam sobre o que eu acabei de dizer, e quando se referiam à mim eu dava uma risadinha sem graça, até o momento que Nicholas mencionou sobre eu arranjar outra pessoa. Será que eu consigo? – Oh... Bem... – estou sem respostas – Eu não queria nem estar aqui, para começar. Não quero mais ver ele na minha frente e sinceramente espero que ele não esteja aqui hoje. – foi um pequeno desabafo, mas era o que eu realmente estava sentindo. – Depois de ver essa cena que eu vi, não sei se confio mais em qualquer pessoa para namorar... Vou viver sozinho... – suspirei.



David LaGuerta – 18 anos

Estou chocado, minha gente. Que história! E como sempre, Nicholas estava ali para estragar o drama, essa piranha. – NÃO TE INTERESSA SUA PEREBENTA – revidei, escutando-o em seguida. SIM, MINHA BRITNEY SPEARS, É MUITA NOTICIA PARA UM DIA SÓ! – respirei fundo, tentando arquivar na minha cabecinha linda e inteligente o que havia acabado de saber ali. – Isso mesmo, e aproveita para jogar um sapato na cara dele e mandar se foder, porque ele merece. – sugeri, cruzando os braços. Ouvi Nick e concordei com ele, revirando os olhos em seguida com a história dos gêmeos. De novo essa história. Essa cara-pálida não cansa, né? Aposto que se esses gêmeos ainda estivessem aqui ele trocaria o professor de filosofia por eles. É uma piranha mesmo. – Viada, por favor, eu já ouvi essa história inúmeras vezes. – ok, voltando ao assunto – Exatamente! – sorri, também encorajando Robert. Ele, no entanto, ainda estava deprimido. Super errado alguém que não tem culpa de nada achar essas coisas! – Bixa, deixa de onda! Vamos esperar que ele venha hoje para quando ele passar por você, que vai estar com a gente o dia inteiro e os próximos dias porque agora é miga, nós vamos estar rindo e nos divertindo para mostra a ele que você está uma solteira poderosíssima. – pus minha mão no ombro dele – E não vem com essa história de que você não vai achar alguém, porque você vai! Nem todos são infiéis, confie.

Ver perfil do usuário

312 Re: *** RPG ***** em Seg Nov 30, 2015 2:12 pm



Harry Atwood — 18 anos
Um dia tinha se passado desde tudo aquilo que aconteceu e ainda estava me sentindo horrível. Até meus irmãos, por mais que me odeiem, acabaram notando que eu estava mal. Óbvio que eu não contei o motivo, primeiro porque a minha vida não interessa à eles, e segundo porque isso daria mais motivo para ficarem falando o quanto sou uma pessoa ruim. Apenas me tranquei no meu quarto e fiquei lá o resto do dia.
Agora, lá estava eu, observando Robert ao longe enquanto conversava com os garotos mais escandalosos da escola: Nicholas e David. O que ele estava fazendo com os dois? O Rob não é uma pessoa de andar com esse tipo de gente.
Mas o que mais me chamou a atenção foi o modo que Robert estava vestido. Eu nunca o vi usando aquele tipo de roupa, e tenho que admitir que ficava muito melhor daquele jeito. Será que ele fez aquilo de propósito para mostrar que já me esqueceu? Espero que não.
Dei um suspiro e comecei a andar em direção aos três. Eu realmente precisava esclarecer as coisas com o meu novo ex-namorado, precisava saber se eu não teria mais chances com ele de vez. Parei de andar ao chegar lá e o encarei, ignorando os outros dois que estavam lá. — Rob, acho que eu preciso conversar com voc... — E antes que eu acabasse de falar, aquele garoto, Nicholas, me interrompeu.


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Agora está avisado — Sorri. Adoro abrir a mente das pessoas com a minha sinceridade.
— GROSSA RIDÍCULA — Berrei para o David, agindo em seguida como se nada tivesse acontecido. Adoro nossa amizade por isso, a gente briga mas a gente se ama. — POIS É EU TÔ É MORTAAAA!
Balancei a cabeça concordando com o que David disse sobre tacar um sapato na cabeça de Harry — Sim, tacar sapatos sempre é útil! — Completei, arqueando uma sobrancelha quando aquela viada reclamou sobre eu estar quase contando de novo a história dos gêmeos. Ora, não tenho culpa se foi a melhor noite da minha vida. Todos precisam saber o quanto foi bom. — Já ouviu e vai ouvir de novo se quiser. Você tem inveja que eu peguei dois gêmeos de uma vez e você não — Me gabei, balançando meus cabelos lindamente.  — Ai, credo, para de ser tão depressivo por favor. — Resmunguei ao ouvir as lamentações de Robert. — E como o David disse, bem vindo ao bonde das afeminadas. A partir de agora você é a nossa Chanel #3, e como uma Chanel, deve mostrar para o ex idiota que está melhor do que ele pensa. — Sorri, concordando novamente com o David sobre nem todas as pessoas serem infiéis. — Pois é, mona. Você não vê o Charles? Mesmo com aquela cara de vagabundo, ele não trai o David. Você só escolheu a pessoa errada — Dei de ombros, cerrando os olhos ao olhar pra frente e ver o Harry se aproximar. Assim que ele chegou, não podia deixar de jogar uma shade. — Oooohhh i'm in love with Judas, Judas. — Comecei a cantar Judas e em seguida me levantei. — Venham amigas, vamos pra outro lugar. A Gaga gosta de Judas, mas eu não. — Disse, interrompendo a fala do loirinho e puxando Robert para longe comigo. — Ignora ele. — Aconselhei, cada vez o levando para um lugar mais longe.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

313 Re: *** RPG ***** em Seg Nov 30, 2015 3:13 pm



Robert Lawrence – 17 anos

– Obrigado. – ri fraco. Bem, pelo menos agora eu sei o que não vestir. É bom receber um pouco de sinceridade de vez em quando.
Ouvi os dois falando que eu deveria jogar um sapato na cabeça do Harry e fiquei um pouco assustado, eu não sou tão violento assim... Machucar alguém por vingança não me parece algo muito legal, apesar de que eu realmente tenho vontade de fazer isso. – J-jogar um sapato na cabeça dele? – desviei o olhar. Estava meio desconfortável, mas admito que me senti parte do “time” quando Nicholas falou que eu era um deles agora, só que, claro, em outras palavras. Também acho que a minha autoestima elevou um pouco com os comentários de apoio dos dois. É impressão minha ou pela primeira vez na vida tenho amigos?
– Obrigado, gente, de verdade. – sorri, rindo em seguida com o que ele disse sobre o Charles, que suponho ser o namorado do David. Aliás... Algo me deixa curioso. Ele era um cara tão ‘hétero’ e homofóbico, como foi se tornar nisso que é hoje? Claro, foi uma mudança boa, mas ainda sim me pergunto o que o fez sair do armário. De qualquer forma, não vou perguntar isso à ele, deve ser indelicado. – Vocês são sempre assim? Tipo... Esse tipo de amizade? – perguntei, interessado. Nesse momento pude ver Harry se aproximando.
Como ele tem a coragem? – pensei, fechando a cara e ouvindo o que ele estava a dizer. – Guarde para você. – fui o mais frio que consegui ser, não conseguindo evitar um sorriso quando Nicholas o atrapalhou cantando Judas e me puxando para longe. Isso foi incrível.
Quando já estávamos longe de Harry, eu parei e dei alguns pulinhos. Estou me sentindo ótimo, quero fazer isso de novo! Esnobar quem me magoou é a melhor coisa do mundo! – Adorei, adorei!



David LaGuerta – 18 anos

Mostrei a língua – É VOCÊ SUA NOJENTA – engraçado, eu falo isso tão naturalmente que não parece uma ofensa. Aliás, nem eu sei mais se é uma ofensa ou não... Acho que é uma demonstração de carinho única.
Eu tive que rir com o tamanho da bondade do menino, que nem no ex quer jogar um sapato. Tem que ser santo mesmo, viu. – Sim, querida. Vai dizer que ele não merece? – fiz bico, ouvindo em seguida o Nick dizer que eu estava com inveja. – Ah, por favor, enfia um sapato na bunda. Eu já tenho meu mozão, não preciso de gêmeos nenhum, beijos. – e soltei um beijinho de luz para ele. – Sim, seja uma rainha como nós. – fiz um coraçãozinho com a mão. Mal posso esperar para tornar esse Robert sem graça em uma viada maravilhosa. – Aham, é normal, mona. Se acostuma. – ri fraco com a pergunta dele sobre a minha amizade com Nicholas.
Revirei os olhos quando vi o tópico da conversa chegando perto da gente para falar com o Robinho. Ele é muito cara de pau mesmo, hein.
Sorri falso e sai dali junto com os dois, e aliás, que saída viu. Arrasamos. Até o próprio Robert – defensor da paz mundial que não quer nem bater no ex – gostou disso.

Ver perfil do usuário

314 Re: *** RPG ***** em Seg Nov 30, 2015 6:37 pm



Harry Atwood — 18 anos
— Nicholas, eu realmente preciso falar com el... — Fui cortado pelo "guarde para você" vindo de Rob. O que tinha sido aquilo? Era sério? O Rob havia falado comigo daquela forma?
Me virei para vê-los ir embora. Eu realmente não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo mesmo. Já não bastasse ele me odiar, agora também vai ficar andando atrás desses dois garotos que, na minha opinião, não prestam. Nick já ficou com metade da escola, e o David era um homofóbico que se revelou da noite pro dia. E se Robert virasse um deles? Todas minhas chances sumiriam, e olha que eu nem sei se ainda tenho alguma chance. Se eu quisesse meu namorado de volta, teria de fazer algo que tocasse ele. Agora só preciso pensar no que...


Nicholas Mitchell — 18 anos
— VOCÊ!! — Retruquei. Parecíamos duas crianças brigando.
— Ele merece, e muito! Mas se não quiser estragar o sapato, pode jogar uma faca mesmo. Vai ser mais eficaz ainda — Sorri. Isso mesmo, Nick, influencia o menino a matar o próprio ex, pensei, rindo escandalosamente do que o David disse em seguida. — Meus gêmeos dão de dez à zero no seu namorado bêbado, monamur. — Disse. Sério, aqueles gêmeos eram muito muito lindos. Só perdiam para o meu amado professor de Filosofia, que até agora eu não vi, aliás. — Simmm!! Mas você precisa saber que pra andar com a gente tem que aprender algumas coisas, como por exemplo, honrar a santíssima trindade: Britney, Florence e Gaga. E às quartas-feiras usamos preto porque somos góticos. — Avisei. Se ele vai ser do bondinho, tem que aprender a se encaixar.
— Pois é, é totalmente normal. A gente se xinga mas a verdade é que eu e o David temos um caso amoroso, o namoro dele é só fachada, nós nos pegamos toda hora às escondidas  — Brinquei.
Não pude deixar de sorrir ao ver o samba de Robert com o ex namorado dele, que ficou para trás com cara de tacho. — ARRASOU AMIGA!!!! É ASSIM QUE SE FAZ!!! — Comemorei, vendo ele dizer que adorou fazer aquilo — TÁ VENDO??? VOCÊ JÁ TÁ PEGANDO O JEITO, TEM QUE SER ASSIM PRA PIOR!!! DESTRÓI ESSE DAÍ!!!

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

315 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 12:46 am



Robert Lawrence – 17 anos

Ouvi Nicholas dizer sobre uma tal santíssima trindade, que se me lembro bem é algo que veio da bíblia, não sei como a Britney, a Florence e a Gaga entraram ai. Fiquei um pouco incomodado com essa regra de usar preto, mas tudo bem, né... Cada grupo com suas regras. – Ok, mas... Eu vou precisar de roupas pretas então... – sim, eu quase não tenho roupa preta. Me incomoda. Arregalei os olhos com a resposta dele. S-sério mesmo? E p-por que estão dizendo isso para mim? E se o namorado do David descobrir que ele está com o Nicholas? Ai meu Deus... – V-vocês dois?? Mesmo? – fiquei um pouco desconfortável, afinal, isso deve ser um segredo que eles não contam para ninguém! Porque David tem namorado e... Espera! Me virei para o David com os olhos arregalados – Você trai o seu namorado?? – perguntei, um pouco em choque. Ele estava me dando tanto suporte, e agora se revela um traidor! Estou indignado também com o Nicholas, que é cúmplice disso. Muito feio.



David LaGuerta – 18 anos
Tive que rir alto e dar um tapa na cabeça do Nicholas com o que ele disse. É muita cara de pau dessa vagabunda falar assim do meu namorado. – Você cale essa boca! – ameacei, cerrando os olhos. Em seguida balancei a cabeça quando ele citou a santíssima trindade (aliás, amém) e informou ao Robert sobre as quartas-feiras. Claro que essa última parte não é séria, mas aparentemente o garoto levou a sério. Não sei como. De qualquer jeito, eu ri. – É brincadeira, relaxa. Venha com a roupa que quiser. – sorri para ele.
Concordei com o Nick sobre nós sermos amantes, eu sempre brinco com isso, e claro, ninguém acredita. Até tentei fazer isso com o Charles e nem ele acreditou na gente. Ainda bem, né, imagina se acreditasse!
Enfim, minha surpresa foi ele ter REALMENTE caído nessa, e parecia traumatizado. Minha santa Britney, esse menino é muito ingênuo, se você disser que vacas voam ele vai acreditar, não é possível. – Claro que não! Eu nunca largaria meu mozão por essa passiva louca e oferecida, credo. – fiz uma cara de nojo, mas ri depois. Deveria ter gravado a reação dele.

Ver perfil do usuário

316 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 1:29 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Recebi um tapa na cabeça de David por ter falado mal do Charles repetente, me fazendo cerrar os olhos — Ei, cuidado com meus lindos cabelos — Avisei, ele que encoste neles de novo que vou deixá-lo careca.
Fiz uma bela facepalm ao ouvir Robert dizer que não tinha roupas pretas. Aquilo era sério?? SÉRIO QUE ELE NÃO ENTENDEU A REFERÊNCIA??? — Amiga, não me diga que você nunca assistiu Meninas Malvadas... — Se ele não assistiu tá expulso, onde já se viu não ver o melhor filme do milênio? Ok, ele não ia ser expulso de verdade, mas eu faria ele assistir e se comportar como uma Regina George.
— Minha Florence, como você é sonso — Murmurei ao notar que ele REALMENTE tinha acreditado que eu e o David tínhamos um caso. — Exatamente como o David disse, monamur. Duas passivas num relacionamento não dá, né. E além disso, ninguém aqui trai, ninguém aqui é o Har...  — E antes que pudesse completar a frase, tapei minha boca e pensei rápido. — ...Haroldo, meu primo Haroldo.  Ele traiu a esposa dele, fiquei muito triste. — Lembrando que eu não tenho primo Haroldo nenhum, mas como esse Robert é lerdinho, vai acreditar.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

317 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 4:12 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Fiquei um pouco confuso. Meninas malvadas? Eu nunca ouvi falar desse filme, mas do jeito que eles comentam, deve ser bom... Eu acho. – Ah... – pausei um pouco – Não, eu nunca assisti... É sobre o quê? – perguntei, animado. Eu gosto de filmes, talvez esse seja um de ação (por causa do nome)! Estou supondo que seja sobre um grupo de espiãs que fazem missões secretas super perigosas, mas não sei ao certo se é isso mesmo.
Meu nível de vergonha estava no topo agora com isso. Era tudo uma brincadeira e eu não percebi, tenho que parar com isso! Meu Deus, é claro que eles não são um casal, onde eu estava com a cabeça? – M-me desculpa! Eu demorei um pouco para raciocinar. – eu jurei que ele ia citar o Harry, mas no fim acabou sendo um primo com um nome parecido. É triste essa história... Eu não gostaria de ter um primo traidor. – Ai que triste... – abaixei o olhar, me lembrando da cena de Harry com o homem na sala escura. Balancei a cabeça, tentando me livrar dessas lembranças. – O que vamos fazer agora? – perguntei – Eu preciso me divertir para tirar isso da cabeça...



David LaGuerta – 18 anos

- Pense mais nos seus cabelos antes de falar do meu namorado. – cerrei os olhos e mostrei a língua. Tem que mostrar o poder, né.
Tive que tossir quando o Robert disse que nunca havia assistido Meninas Malvadas e ainda teve a audácia de perguntar como era o filme. Esse menino é doido? Minha santíssima Britney, temos que levar ele para casa e fazê-lo assistir, porque desse jeito simplesmente não dá. – Olha, você vai assistir o filme e quando acabar vai fingir que já havia assistido há séculos, ok? Ótimo. – melhor solução.
Assenti com a cabeça quando Nicholas disse que duas passivas em uma relação não dá certo. – Isso mesmo. – e novamente Rob acreditou nas palavras dele. Sério mesmo isso? Um primo? Haroldo? Um primo Haroldo que traiu a esposa dele? Pior história ever e o cara ainda cai, mas ok né.

Ver perfil do usuário

318 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 4:40 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
— Ah, mas vai dizer que o que eu disse é mentira? — Arqueei uma sobrancelha, olhando para a vagabunda do David. — É SIMPLESMENTE O MELHOR FILME DO MUNDO, É UMA DESONRA PARA NÓS VOCÊ NUNCA TER VISTO!!!! — Berrei, me virando pro Robert. Acho que estava exagerando um pouco.
— É né querida, percebi — Concordei ao ouvir ele dizer que demorou pra raciocinar. Imagina, nem dava pra notar, né? Se eu quiser que ele seja um de nós, terei que trabalhar muito. — Pois é, triste demais. — Balancei a cabeça negativamente, como se estivesse chateado por lembrar daquela história. Nem me impressionei com o fato de que ele tinha acreditado mais uma vez. Antes que respondesse a pergunta de Robert, o sinal acabou tocando. — Agora nós vamos pra aula, depois você vai até nossa casa pra assistir meninas malvadas antes que eu decida expulsar você do bonde — Respondi, ajeitando minha mochila e começando a andar. — Vamos, vadias. Quero ver se encontro o professor de Filosofia pelos corredores.
...
Depois de horas sentado naquela cadeira a aula enfim acabou, e eu sai mais rápido o possível da sala puxando Robert e David comigo — VAMO QUERIDAS ANDEM EU NÃO TENHO O DIA INTEIRO — Berrava, arrastando eles para o meu carro.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

319 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 6:02 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Me assustei um pouco com o grito dele, sem entender o motivo. – D-desculpa... – pedi, abaixando um pouco a cabeça. Em seguida ouvindo o David. É, eu acho que isso é o melhor a se fazer. – Certo! – logo me animei.
Bem quando eu queria fazer... hum... “maldades”, o sinal toca. Ok, tudo bem. – Ah... Ok! – assenti, indo junto com os dois para a sala de aula. Apesar das ofensas carinhosas, os dois são bem legais! Vai ser bom fazer parte desse grupo, acho que finalmente tenho amigos.
Sentamos bem longe do Harry, que parecia um pouco deprimido. Eu não tenho pena dele, não tenho.
...
Assim que a aula acabou, Nick já foi se levantando apressado e nos puxando para o carro dele. Aliás, que carro! Enfim, David disse que ia se encontrar com o namorado dele e então saiu em outra direção, deixando apenas eu e Nicholas ali.
Entrei no banco do passageiro e ele dirigiu até a sua casa, ou deveria dizer mansão? Sério, aqui é enorme! Ele e o David têm sorte de morar aqui!
– Sua casa é linda.. – comentei, impressionado.

Ver perfil do usuário

320 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 6:33 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
A prostituta do David acabou não ficando conosco para ver o filme porque quis ir na casa do Charles repetente, provavelmente vai dar o resto do dia, por isso nem vou me surpreender se ele voltar alegre.
Robert elogiou minha casa e eu sorri, enquanto já ia entrando e tacando meus sapatos em qualquer canto. — Obrigado mona, considere essa a sua casa também — Sorri — Ô MÃÃÃÃÃEEEEEEEEEEEEEEEEE, MEU NOVO BFF ROBERT ESTÁ AQUI PRA GENTE ASSISTIR MENINAS MALVADAS ENTÃO TRATE DE FAZER PIPOCA, WORK BITCH — Berrei para ela, que estava na sala lendo uma revista. Adoro minha mãe pelo simples fato de nós parecermos dois amigos, então não corro o risco de levar um chinelo na cara caso fale daquela maneira.
— Mas é um folgado mesmo... Bem vindo, Robert! — Ela sorriu e foi fazer pipoca, enquanto isso eu fui logo correndo para ligar a Netflix na televisão. — Senta aí, mana. — Mandei, enquanto colocava o filme.
...
É impressionante o fato de eu nunca enjoar de ver esse filme. Após o final eu já queria ver de novo, mas óbvio que não iria pôr. Olhei para Robert pra poder ver a reação dele após o fim. — Então, me diga, não é o melhor filme do mundo?

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

321 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 8:01 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Sorri com o que ele me disse. Isso foi realmente gentil. – Ok! – entrei junto com ele, animado. Me assustei um pouquinho com o grito que Nick deu para chamar a mãe e o jeito com que os dois se tratam. É legal, apesar de ser estranho, mas é legal. Eu nunca consegui ter uma relação assim com a minha mãe – claro, ela me expulsou de casa pelo simples fato de eu ser gay – ou até mesmo com a minha tia. Eu não diria que meu relacionamento com a minha tia seja ruim, muito pelo contrário, apenas não sinto toda essa liberdade... Aliás, não sinto isso com ninguém.
Enfim.
– Obrigado! – sorri com as boas-vindas dela e me sentei no sofá. Nicholas deu play no filme e nós começamos a assistir.
...
O filme acabou. Estou sem palavras. É realmente tão bom quanto ele disse! Devo admitir que tenho uma pequena vontade de ser como a protagonista que esqueci o nome, parece ser divertido ter uma vida do jeito que o filme retrata, apesar do mar de falsidade.
– Eu amei! – sorri para ele – Não sei se é o melhor, mas com certeza entrou para a minha lista. – ri fraco, em seguida me lembrando de um detalhe que me chamou atenção. – Ei, o ex da Regina George lembra o Erick ou é só impressão minha?

Ver perfil do usuário

322 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 8:17 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Sorri ao ver que Robert gostou do filme. Também né, como não gostar de uma obra de arte daquelas? — Ainda bem que gostou, já ia te expulsar de casa se dissesse que é ruim — Ri. Não duvide da minha capacidade, eu realmente expulsaria ele se falasse o contrário.
Não pude deixar de suspirar quando ele mencionou o Erick. — É, um pouco... — Ah, Erick.. Já peguei ele. Um amor de garoto, mas infelizmente eu não repito ficantes então não posso mais pegar ele.
Em compensação, o Robert pode.
— AI QUE IDEIA MARAVILHOSA EU TIVE — Berrei, assustando a empregada que estava passando. Me virei para o Robert todo entusiasmado e peguei meu celular da mesinha de centro — ROBERT, O QUE ACHA DE EU ARRUMAR O ERICK PRA VOCÊ??? — Perguntei. É, eu tinha me empolgado. — É UMA ÓTIMA MANEIRA DE ESQUECER AQUELE QUE NÃO DEVE SER CITADO!!! SÉRIO VOCÊ PRECISA ACEITAR, ELE É DEMAIS!!! SEI DISSO PORQUE JÁ TESTEI E APROVEI — Acho que falei isso alto demais, minha mãe que estava ao longe acabou escutando.
— Nick, pare de fazer o menino seguir para o mal caminho! — Ela riu
— QUIETA!!! ENFIM CONTINUANDO, ENTÃO, TOPA??

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

323 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 8:29 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Ri fraco com o que ele disse. Acho que estou aprendendo a diferenciar brincadeira de realidade, quero dizer, claro que ele não iria me expulsar por isso... Certo?
Me assustei – mais uma vez – com os gritos de Nicholas.Hã? Fiquei encarando-o enquanto ele falava sobre a sua ideia. Ok... Isso é muito repentino... Eu não sei se consigo. Acabei de sair de um relacionamento, ficar com outra pessoa assim... – Nicholas, eu... – desviei o olhar, pensando se deveria ou não; Até que me lembrei da cena do Harry com o rapaz na sala escura e uma onda de raiva subiu em mim. Ah, eu vou fazer isso. E vou fazer isso NA FRENTE dele. – Você faria isso por mim? Obrigado! – sorri, animado com a ideia.
Olhei no relógio e percebi que já estava tarde e provavelmente minha tia estava esperando. – Então... Já está tarde, eu tenho que ir. Até amanhã! – me despedi dele e levantei do sofá, indo até a porta e saindo de lá. Chamei um táxi e dei as direções da minha casa.
Ao chegar lá, paguei o moço e entrei. Tive uma looonga conversa com Abby sobre como foi o meu dia e ela parece estar feliz com o fato de que agora tenho novos amigos, apenas não contei sobre o Erick ainda. Enfim, dei boa noite para ela e fui dormir.

Ver perfil do usuário

324 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 9:50 pm


Nicholas Mitchell — 18 anos
Rob aceitou o negócio sobre pegar o Erick, e eu comemorei — YEEEEEEEEEEEEEEEEEY!!! É CLARO QUE EU FARIA — Sorri. Me despedi dele quando foi embora e logo fui ligando para o Erick, que aceitou numa boa já que sempre achou o Rob fofo. Combinei tudo com ele e depois mandei uma mensagem para o Robert.
"EI VAGABUNDA!!!! ADIVINHA QUEM VAI DAR UNS BEIJOS NO ERICK AMANHÃ? RSRSRRSR
VAI BEM VIADA PODEROSA, HEIN??? SE VOCÊ APARECER COM ROUPA DE VÓ EU JURO QUE FAÇO VOCÊ FICAR PELADO NO MEIO DE TUDO MUNDO.
BJSSSSSS TE ADORO"

...
No dia seguinte, eu estava mais ansioso que o próprio Robert. Não parava de andar empurrando ele até uma parte que tinham poucas pessoas na escola, que era onde Erick havia combinado de se encontrar com ele. — Anda, amiga! Seu boy está te esperando. Pelo amor da Florence, não vai falar nada besta, chega e já vai beijando, principalmente se o Harry estive por perto. Se as coisas esquentarem, tem um vestiário atrás da quadra. Quase ninguém vai lá, mas não façam muito barulho. Eu vou ficar aqui por perto pra te auxiliar, agora vai — Finalizei, o empurrando e saindo correndo. Claro que não fui longe, me escondi perto de uma árvore, precisava ficar vendo como o nosso Robinho iria agir no primeiro caso dele pós-termino de namoro.



Erick Norman — 18 anos
Nicholas me ligou ontem à noite perguntando se eu não queria ficar com o amigo Robert dele, e é claro que eu aceitei. Sempre achei ele fofo, e pelo que Nick me disse, agora estava solteiro. Ainda bem, aquele namorado dele sempre foi um chato. Certinho demais.
Estava sentado num banco quando vi Nick empurrá-lo e logo sair correndo, deixando a gente sozinho. Como ele ainda estava longe, apenas acenei e sorri, esperando que viesse até mim. Ele é bonito, isso não vai ser nada ruim.

Ver perfil do usuário http://rpg-plague.forumeiros.com

325 Re: *** RPG ***** em Qua Dez 02, 2015 10:17 pm



Robert Lawrence – 17 anos

Assim que acordei vi a mensagem de Nicholas (aliás, muita coisa para se raciocinar durante uma manhã). A ficha de que eu vou beijar um garoto que mal conheço ainda está caindo, eu não sei se deveria realmente fazer isso...
-
Bem, não tive muita opção, na escola Nick já estava me empurrando para o suposto local de encontro. Eu estou super envergonhado, não sei como fazer isso! E se ele não gostar de mim? E se eu for muito infantil? Ai... – E-esquentarem?? Eu não vou fazer isso! – cobri o rosto com as mãos e respirei fundo, retirando-as e percebendo que Erick não estava tão longe. – Ai... Ok... – dei um sorrisinho nervoso e me aproximei dele. Não consegui falar nem uma palavra. Eu juro que abria a boca mas não saía som.
Ok, Robert, foco.
Quando minha coragem estava chegando, eu vi Harry – não muito longe – olhando para nós. Isso partiu meu coração. Eu não consigo fazer isso com ele, simplesmente não consigo. Merda, Robert, você é muito idiota. – D-desculpa, Erick...

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 13 de 15]

Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum